sexta-feira, 8 de Novembro de 2013 04:42h Luiz Felipe Enes

Agências bancárias ficam destruídas após explosão a caixa eletrônico

Criminosos explodem caixas eletrônicos em São Gonçalo do Pará e em Formiga

Depois de uma pausa nos arrombamentos e explosões a caixas eletrônicos, criminosos voltaram a agir na madrugada dessa quinta-feira (07), em diferentes cidades da região. Uma delas foi São Gonçalo do Pará. A agência bancária, situada no Centro, ficou bastante destruída devido ao impacto da explosão.
A Polícia Militar informou que a invasão ocorreu por volta de 3h da manhã. Uma testemunha ainda relatou à Polícia que dois veículos escuros aproximaram do local e entraram na agência do Banco Sicoob. Após cometerem a explosão, os criminosos fugiram sentido a Nova Serrana, pela BR-262. A polícia ainda segue em rastreamento atrás dos envolvidos.

 


A agência bancária ficou completamente destruída. O caixa eletrônico ficou danificado. Estilhaços de vidro ficaram espalhados pelo chão, assim como várias notas de dinheiro foram soltas pelo chão. O circuito de monitoramento interno do banco deve auxiliar nas investigações sobre os envolvidos. O banco não divulgou a quantia levada.

 


FORMIGA

 


O alvo na cidade, assim como São Gonçalo, também foi uma agência do Banco Sicoob. A invasão foi registrada por volta das 4h30, na madrugada de ontem, no bairro Engenho de Serra. De acordo com a Polícia Militar, os envolvidos chegaram em um Toyota Corola, cor preta, estacionaram em frente à agência, entraram e colocaram os explosivos.

 


Uma testemunha relatou que ouviu dois rapazes gritando “corre” momentos antes da explosão. Depois de invadir a agência bancária, os criminosos fugiram em direção ao bairro Santa Luzia. A agência ficou destruída, portas e alguns equipamentos ficaram comprometidos. Não se sabe ainda quanto foi levado. Os suspeitos não foram localizados.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.