sábado, 27 de Dezembro de 2014 05:19h

Amigos são suspeitos de homicídio em Moema

Dois homens, de 50 e 51 anos, foram presos suspeitos de envolvimento na morte de um idoso, de 61 anos, próximo a Vargem Grande, povoado de Moema

De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos procuraram os policiais militares informando que haviam localizado o corpo da vítima, que trabalhava com eles no corte de eucaliptos em uma fazenda do povoado.
No local apontado pelos amigos da vítima, os policiais encontraram o corpo. A vítima, segundo a perícia, estava com uma contusão na cabeça e uma perfuração na barriga, proveniente de faca. Ao lado do corpo havia uma enxada que possivelmente foi usada para atingir a cabeça do idoso.
O proprietário da fazenda disse aos policiais que a vítima trabalhava no local há mais de um ano e que era uma pessoa de excelente relacionamento e que não possuía inimigos. A fazenda estava trancada e nada foi roubado do local.
Os suspeitos apresentaram diversas contradições. Na casa usada por eles foram localizadas cinco facas, as quais foram apreendidas juntamente com a enxada. Considerando que na fazenda encontravam-se apenas a vítima e os dois solicitantes e, diante das contradições apresentadas pelos suspeitos e das informações colhidas sobre a vítima, os suspeitos foram presos e conduzidos à Delegacia de Bom Despacho.

 

Bom Despacho
Em Bom Despacho, um jovem de 22 anos foi morto a tiros no bairro São Vicente. De acordo com a Polícia Militar, no momento dos fatos havia muitas pessoas nas proximidades, mas nenhuma quis falar sobre o ocorrido.
Segundo informações anônimas passadas aos policiais, o fato começou na porta de um bar, sendo que a vítima teria sido alvejada no primeiro disparo a queima-roupa, vindo a correr até o local onde caiu e morreu. A vítima possui envolvimento com vários crimes e havia sido liberada da penitenciária no último dia 19 através do benefício de saída temporária para o Natal. Nenhum suspeito foi localizado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.