terça-feira, 21 de Agosto de 2012 13:42h Gazeta do Oeste

Assaltante pula de carreta em movimento após trocar tiros com a PM e roubar carga de calçados

Uma fuga inusitada surpreendeu até a polícia nessa terça-feira (21). Um suspeito pulou de uma carreta em movimento na MG-10, após trocar tiros com os militares e roubar a carga de calçados. Há suspeita de que o "Macgyver" do crime tivesse a ajuda de comparsas, já que ele desapareceu em um matagal às margens da rodovia estadual, perto da Cidade Administrativa, em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A carga da carreta foi roubada em Divinópolis, na região Centro-Oeste, e motorista da carreta está desaparecido, segundo a Polícia Militar.

 

 

A carreta que era conduzida pelo homem que agiu como o clássico personagem da série de aventura norte-americana, pela variedade de soluções improvisadas usadas para escapar da captura, só parou após bater em um poste e um muro de proteção que separa as pistas na rodovia estadual. De acordo com a Polícia Militar, o veículo que estava carregado com calçados, foi roubado em Divinópolis, na região Centro-Oeste de Minas Gerais. Quando a carreta, passou pelo bairro Aeroporto, na região da Pampulha, foi reconhecida pelos militares de uma viatura como sendo o veículo anunciado na rádio comunicador da PM. Um rastreamento foi iniciado para tentar prender o condutor da carreta e recuperar a carga.

 

O suspeito que estava ao volante, percebeu que estava sendo seguido pela polícia. Foi quando começou o tiroteio, porém, o homem em um ato inusitado pulou da carreta em movimento. O motorista entrou numa mata e uma van, que dava proteção ao suspeito, ajudou na fuga do suspeito. Ninguém foi preso. Ainda segundo a PM, o motorista que foi vítima dos criminosos continua desaparecido. O celular da vítima chama, mas ninguém atende, conforme os militares. A polícia tenta localizar o motorista que foi roubado  e prender os suspeitos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.