segunda-feira, 3 de Setembro de 2012 11:08h Gazeta do Oeste

Assaltos a bancos crescem 100% no Maranhão

Números altos, alarmantes e, principalmente, preocupantes para o setor de segurança. Dados de pesquisa, em nível nacional, elaborada pela Confederação Nacional dos Vigilantes e Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, revelam que os ataques a bancos cresceram 50,48% durante esses primeiros seis meses deste ano e contabilizaram mais de 1.261 ocorrências em todo o país. No ano passado, foram 753 ataques em todo território nacional, sendo 331 assaltos e 422 arrombamentos.

Este ano, o estado de São Paulo é o campeão em ocorrências com 289 ataques. O segundo lugar pertence a Minas Gerais, com 165. O Maranhão está em 10º lugar com 70 casos entre assaltos a bancos, arrombamentos, saidinhas bancárias e tentativas.

Ainda segundo a pesquisa, o aumento dos ataques a bancos, sobretudo arrombamentos, tem relação direta com a onda de explosões de caixas eletrônicos, pois muitos estão instalados em locais inseguros e desprovidos de equipamentos de segurança.

No Maranhão, os assaltos a bancos cresceram 100% comparando-se os números deste ano com os de 2011. No ano passado, houve registro de apenas quatro assaltos. Este ano, os números registrados pelo Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA) são chegam a oito. Já a variação de arrombamento aos caixas eletrônicos teve um aumento de 47,4%. Em 2011, houve 19 arrombamentos e este ano, o registro é de 28.

Em relação a mortes em assaltos a bancos, o Maranhão está zerado, mas a pesquisa apurou a ocorrência de 27 em todo o país. Uma média de quatro vítimas fatais por mês e um aumento de 17,4% em se tratando ao mesmo período do ano passado, quando o registro foi de somente 23 mortes. São Paulo contabiliza o maior número de homicídios, com seis ocorrências.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.