quinta-feira, 30 de Julho de 2015 09:52h

Assaltos na zona rural assustam moradores

Nos últimos meses foram registrados vários assaltos a residências na zona rural de toda a região

Na noite desta terça-feira, os crimes foram registrados em Nova Serrana, Conceição do Pará e Perdigão.
Em Nova Serrana, um homem, de 56 anos, foi alvo de bandidos na comunidade Chácara Inhame, na zona rural da cidade. Três indivíduos, sendo um deles armado, invadiram a propriedade e anunciaram o assalto.
A vítima foi levada para dentro da residência e trancada em um dos cômodos. Ao conseguir sair, percebeu que o trio havia fugido roubando a caminhonete, dinheiro e celular. Nenhum suspeito foi identificado.

 

Conceição do Pará
Em Conceição do Pará, este tipo de crime tem assustado os moradores da zona rural. Durante a tarde, um homem, de 42 anos, teve a propriedade invadida por dois indivíduos que estavam em uma motocicleta.
A dupla ameaçou o caseiro e a esposa com uma arma de fogo e fugiu levando galinhas caipiras e um chip de telefone celular, produtos alimentícios diversos, um cobertor, sapatos, relógios e bijuterias. Nenhum suspeito não foi identificado.

 

Perdigão
Já em Perdigão, um idoso, de 66 anos, estava sentado na porta de casa, na zona rural, quando foi abordado por dois indivíduos que estavam em uma motocicleta. Os bandidos anunciaram o assalto, apontando as armas de fogo em direção à vítima.
Segundo a vítima, os suspeitos, que chegaram ao local procurando pelo irmão dela, vasculharam toda a casa e em todo momento diziam que iriam matá-la. Os suspeitos fugiram do local levando dinheiro e um celular.
Neste caso também nenhum suspeito foi localizado.

 

Dicas
Para prevenir e inibir a ação de infratores na área rural, a Polícia Militar (PM) divulga as seguintes dicas:
- Combinar com vizinhos, motoristas de transporte escolar e de coletas de produtos rurais códigos para situações de perigo (conversação, sinais sonoros e/ou visuais).
- Adquirir aparelhos de comunicações (telefone fixo, celular, rádio) e instalar portões eletrônicos, alarmes e luzes em pontos estratégicos da propriedade. Manter em local de fácil acesso telefones úteis, como o da PM, Polícia Civil, vizinhos, amigos e parentes.
- Manter animais (como cachorros, gansos) que dão alarme se chegarem estranhos à propriedade. Colocar cadeados nas porteiras e portões.
- Evitar rotinas, alterar caminhos, condutas e horários. Não comentar particularidades sobre a família ou a propriedade e orientar funcionários a fazerem o mesmo.
- Não manter na propriedade objetos de valor ou altas somas de dinheiro.
- Evitar manter armas na propriedade, pois, ao invés de repelir, poderão atrair marginais. Além disso, o uso incorreto da arma coloca a família em risco.
- Guardar em local adequado as ferramentas de uso diário (facão, foice, pá). Elas podem ser utilizadas para arrombamento ou contra você.
- Se for vítima de roubo, não reaja.
- Ao perceber veículos e pessoas em atitudes suspeitas, anotar o maior número de dados e particularidades, repassando à polícia e aos vizinhos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.