quarta-feira, 25 de Novembro de 2015 09:01h Atualizado em 25 de Novembro de 2015 às 09:10h. Jotha Lee

Aumento da violência em outubro leva PM a traçar estratégias para conter criminalidade

Polícia diz que falta de efetividade na aplicação da lei contribui para crescimento do crime

Um dia depois da divulgação pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) das estatísticas da criminalidade em Minas referente ao mês de outubro, a Polícia Militar (PM) já entrou em ação em busca de mecanismos que possam reduzir os índices. Em Divinópolis, chamou a atenção o aumento dos roubos consumados em outubro em relação a setembro, sendo o maior índice registrado nos últimos quatro anos. Ontem o 23º Batalhão da Polícia Militar reuniu oficiais e estrategistas em busca de métodos para conter o avanço do crime.
De acordo com dados da Secretaria de Estado de Defesa Social, em outubro, foram registrados 218 roubos em Divinópolis, contra 133 em setembro, o que significa aumento de 63,9% no número de ocorrências em um único mês. Já no período de janeiro a outubro de 2014, foram registrados 1.267 roubos na cidade, contra 1.399 esse ano no mesmo período, o que corresponde a um aumento de 10,41% em 10 meses.
De acordo com o tenente Marcelo Oliveira, titular da assessoria de comunicação da PM, esse não é um fenômeno exclusivo de Divinópolis. “A Polícia Militar realmente reconhece que houve um aumento da criminalidade nos últimos quatro anos, mas enfatiza que esse não é um fenômeno somente de Divinópolis. É um fenômeno que vem acompanhando todo o país”, afirmou.

 

LEI
Para o tenente Oliveira, a aplicação da lei é um dos fatores preponderantes no aumento da criminalidade. “Também é preciso enfatizar a quantidade de vezes que o mesmo infrator é preso, ou seja, a aplicabilidade da lei, a efetividade da aplicação da lei contra o infrator. Infelizmente hoje nós estamos com vários indivíduos que já eram para estar presos, há provas suficientes, já cometeram vários crimes e, no entanto, por causa dos ‘remédios’ jurídicos que foram criados para beneficiar o cidadão de bem, que pode estar sendo vítima de uma injustiça, na verdade está servindo para beneficiar o infrator. É preciso melhorar a efetividade da aplicação da nossa lei”, assegurou.
Ainda de acordo com o titular da assessoria de imprensa da PM, a repressão ao crime será aumentada pela polícia. “O comando reconhece o aumento da criminalidade em Divinópolis, mas também está empenhado em aumentar as operações. Diante dessa estatística não favorável à segurança pública, iremos aumentar mais ainda a repressão à criminalidade, principalmente ao tráfico de drogas, que tem fomentado a elevação do número de roubos na cidade”, garantiu.
Marcelo Oliveira afirmou ainda que a PM continuará fazendo seu trabalho incansavelmente e pede à população que participe desse esforço para reduzir a criminalidade. “Estamos incansáveis, enquanto tivermos forças, vamos lutar contra o crime e pedimos o apoio da população para denunciar através do 181 ou do 190, porque segurança pública é um dever do Estado, mas também responsabilidade de todo cidadão e precisamos do apoio de todos”, finalizou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.