terça-feira, 28 de Abril de 2015 10:53h Atualizado em 28 de Abril de 2015 às 10:55h.

Bandido é baleado ao tentar assaltar militar

Um homem, de 35 anos, foi baleado após tentar assaltar um policial militar, de 26 anos, que estava de folga na noite de sexta-feira (24), no bairro Dona Quita em Divinópolis

O policial militar foi abordado pelo suspeito ao sair de um bar.
De acordo com a vítima, ao deixar o estabelecimento, Gustavo Henrique Silva Leão se aproximou, portando um revolver calibre 38, e anunciou o assalto. Sem reagir, o policial entregou as chaves do carro e a carteira contendo documento e dinheiro.
Assim que o assaltante entrou no carro, o policial se identificou e deu voz de prisão. O bandido acionou a ignição do carro e efetuou disparos contra o policial, que revidou. Ao ouvir os disparos de arma de fogo, outro policial, também de 26 anos e que também estava no bar, foi auxiliar o amigo.
Novamente houve troca de tiros e o bandido foi acertado na coxa. Mesmo ferido, o assaltante fugiu com o carro do policial, mas abandonou o veículo quarteirões depois de roubá-lo. Um militar do Corpo de Bombeiros, que estava de folga, encontrou com o suspeito na rua pedindo socorro. O Bombeiro levou o assaltante até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde foi constatado que ele sofreu uma fratura exposta provocada pelo tiro.
Na UPA, Gustavo, que já possui passagens pela Polícia, confessou o crime e indicou o local onde dispensou a arma. Militares deslocaram até o local, um lote vago, e localizaram o revólver calibre 38 que foi apreendido.
A reportagem buscou informações sobre o estado de saúde de Gustavo e, de acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura, ele foi transferido para o Hospital São João de Deus (HSJD). De acordo com a assessoria de comunicação da Unidade, o paciente não deu entrada no hospital.

Crédito: Divulgação PM

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.