sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2015 10:01h

Bandidos fazem a “festa” durante o carnaval

Pompéu e Abaeté registraram vários assaltos, furtos e roubos durante os cinco dias de carnaval. Em muitos deles, os bandidos iam até as casas das vítimas, geralmente alugadas somente para a folia

Em Pompéu, os crimes foram cometidos por homens armados, como o que ocorreu no bairro Cristos. Três pessoas, com idades entre 44 e 55 anos, estavam em uma casa na Rua Vinte e Um de Abril, quando três indivíduos entraram e anunciaram o assalto, todos com os rostos cobertos por camisas e um deles armado com revólver.
Um dos bandidos deu uma coronhada na cabeça de uma das vítimas causando um corte e, logo em seguida, os ladrões roubaram dinheiro, talão de cheques e cartão bancário. Na saída, um dos suspeitos ainda efetuou dois disparos para o alto. Ninguém foi preso.
Em outra ocorrência, desta vez na zona rural da cidade, um homem de 54 anos foi surpreendido por quatro indivíduos armados e encapuzados. Os bandidos obrigaram o homem a entrar na casa, prenderam todas as pessoas que estavam lá em um dos quartos e efetuaram um disparo dentro da casa.
A quadrilha fugiu levando eletroeletrônico, dinheiro e dois carros. Um dos veículos foi encontrado abandonado a cerca de 200 metros da fazenda. Nenhum suspeito foi preso

 

Abaeté
Durante a folia, bandidos também agiram em Abaeté contra moradores e turistas. Além do assalto, que deixou ferida uma pessoa que reagiu, como noticiamos na edição de ontem, outras ocorrências foram registradas.
Dois frentistas, de 42 e 66 anos, foram abordados por dois indivíduos, ambos com os cabelos pintados de amarelo, que anunciaram o assalto e roubaram o dinheiro que estava com os trabalhadores e fugiram na motocicleta pertencente a uma das vítimas.
Em rastreamento, a Polícia Militar conseguiu abordar os suspeitos, de 17 e 18 anos, que confessaram o roubo. Os dois são suspeitos de outros crimes na cidade. Eles foram conduzidos para a delegacia e reconhecidos pelas vítimas.
Uma mulher de 25 anos também foi alvo de assaltantes. Ela conta que estava pulando carnaval e, ao retornar para a casa em que estava hospedada, deparou-se com três indivíduos dentro da residência, sendo que um deles estava armado com uma arma de fogo.
Os assaltantes exigiram que a vítima entregasse todo o dinheiro que estava na casa, além de obrigá-la a mostrar todos os objetos de maior valor da residência. Do imóvel foram levados pertences de várias pessoas, R$ 650 em dinheiro, um óculos de grife e joias, além de três celulares. Nenhum suspeito foi preso.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.