sexta-feira, 8 de Maio de 2015 10:40h

Bandidos levam mais de R$ 500 mil em assalto a loja

Na manhã desta quarta-feira, a Polícia Militar (PM) registrou um assalto a uma loja de joias folheadas no Centro de Nova Serrana. Mais de R$ 500 mil em dinheiro e cheques foram levados pelos bandidos

De acordo com a PM, uma dupla entrou na loja e disse às vendedoras que precisava falar, dizendo o nome, com o dono do estabelecimento, de 40 anos. Um dos bandidos, armado, foi até o escritório e o outro ficou na loja.
No escritório, o bandido anunciou o assalto e o outro levou as vendedoras também para o local. De acordo com o proprietário da loja, os bandidos levaram R$ 150 mil em dinheiro, que estava em uma das gavetas da mesa, e duas CPUs. Os assaltantes ainda levaram vários cheques da vítima que estavam assinados e em branco e outros cheques de terceiros preenchidos e assinados, que chegam a mais de R$ 355 mil.
Além disso, os bandidos fugiram levando os celulares das vendedoras e do dono da loja. Nenhum suspeito foi preso.

Morada Nova de Minas
Em Morada Nova de Minas, o dono de uma fazenda também ficou no prejuízo após a ação de bandidos. De acordo com a Polícia Militar, o vigia do local, de 37 anos, foi rendido por três indivíduos encapuzados, um deles armado com um revólver e outro com uma arma longa, que o obrigaram a carregar grande quantidade de inseticida de uso agrícola e colocar em um caminhão, que também foi roubado.
Durante a ação, a vítima disse que os autores conversavam pelo celular com outro integrante, que os orientava dizendo os nomes dos inseticidas que eles deveriam pegar. Logo depois, a vítima foi amarrada e deixada em um quarto.
Cerca de quatro horas depois, o vigia conseguiu se soltar e verificou que os assaltantes ainda arrombaram as portas do escritório, almoxarifado, depósito, galpão de armazenamento e sede, além de um cofre. Foram roubados cerca de R$ 6,5 mil em dinheiro e vários cheques, além de R$ 540 da vítima.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.