terça-feira, 16 de Dezembro de 2014 03:59h Atualizado em 16 de Dezembro de 2014 às 04:01h.

Bando troca tiros com a PM em roubos em série

Bandidos armados trocaram tiros com a Polícia Militar na noite de domingo

O bando é suspeito de assaltar uma lanchonete e roubar dois carros em seguida. Dois foram presos e três conseguiram fugir.
De acordo com a Polícia Militar, cinco indivíduos armados que chegaram em um Voyage, entraram em uma lanchonete no bairro Bom Pastor e anunciaram o assalto. Os bandidos levaram R$ 60 e um Corolla. Em seguida, os bandidos roubaram uma Saveiro no bairro Porto Velho.
Em rastreamento, os policiais militares viaram o Voyage e os bandidos desobedeceram a ordem de parada e fugiram pelos bairros  Porto Velho,  Ponte Funda, Mangabeiras, Interlagos, Antonio Fonseca e Esplanada, quando foram fechados em cerco bloqueio no cruzamento entre Pernambuco e Primeiro de Junho.
No carro havia cinco indivíduos, sendo dois deles adolescentes que foram capturados. Os outros fugiram a pé efetuando disparos contra os policiais e chegaram até a linha férrea. Durante perseguição, houve mais disparos efetuados contra os policiais, que revidaram. Mesmo assim eles conseguiram fugir.
Os policiais recuperaram o Voyage, que foi roubado no dia 9 no bairro Cidade Jardim. O Saveiro foi recuperado no bairro Interlagos. O Corolla também foi recuperado após informações dos menores apreendidos. Alguns objetos também foram recuperados.

 

 

Na sexta
Na sexta-feira também foram registrados roubos em série. Desta vez os crimes aconteceram na Avenida Paraná, nos bairros São José e São Judas Tadeu.
De acordo com as vítimas, dois indivíduos armados e ocupando uma motocicleta vermelha entraram em um posto de combustíveis, anunciaram o assalto e fugiram. Logo em seguida foram até outro posto de combustíveis e o assaltaram também. Por fim, a dupla entrou em uma mercearia, anunciou o assalto, mas fugiu sem levar nada.
As vítimas relatam que esta não é a primeira vez que a dupla comete assaltos na região e que na semana passada também fizeram outras vítimas nos comércios dos bairros.
De acordo com a Polícia Militar, existem suspeitos dos roubos, mas ainda não foram presos. “Estamos acompanhando e vários suspeitos de roubos têm sido presos, mas em pouco tempo são liberados devido a permissões da legislação”, afirma o capitão da PM Marco Paulo.

 

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.