sexta-feira, 18 de Março de 2016 11:05h

Bom Despacho, Nova Serrana e Pará de Minas recebem médicos legistas

Ao todo, foram 19 cidades contempladas com 34 novos médicos legistas. Já foi solicitada a prorrogação da validade do concurso para futura nomeação de outros médicos-legistas

A designação dos 34 novos médicos-legistas, nomeados no último sábado, ocorreu nesta quarta-feira, no auditório do Instituto Médico Legal (IML) em Belo Horizonte, observando os critérios pré-definidos pelo edital do concurso e as prioridades para fortalecimento do serviço médico legal em 19 municípios do interior de Minas Gerais.  “Além de contemplar a diretriz da Chefia da Polícia Civil, que recomenda a desconcentração da gestão, procuramos atender às necessidades dos novos servidores de forma humana e respeitosa”, esses foram os critérios adotados para designação, apontados pelo Superintendente de Polícia Técnico-Científica (SPTC), André Roquette.

 

 


A diretora do IML, Lena Lapertosa, explica a importância do médico legista para a sociedade, pois “é ele quem realiza exames em cadáveres e em vivos, para subsidiar a determinação da causa mortis ou da natureza de lesões, no âmbito da investigação criminal”. Ainda acrescenta que “cabe a eles as análises pertinentes à identificação antropológica, diagnosticar a situação de pessoa sob efeito de qualquer substância, avaliar o estado psíquico e psiquiátrico de indivíduos e gerenciar as unidades periciais sob sua responsabilidade”.
A diretora aproveitou o encontro com os novos legistas para motivá-los: “Assim como vocês foram incansáveis na batalha de vocês por essa nomeação, desejo que sejam também incansáveis no exercício da medicina legal.
A Polícia Civil divulgará nos próximos dias, a data e o local para designação dos 95 peritos criminais também nomeados. Com a ampliação do quadro de funcionários, os novos profissionais vão assegurar maior rapidez na produção de provas objetivas para o inquérito policial, contribuindo para a eficácia e qualidade das investigações policiais.

 

 

 

Municípios
Os municípios atendidos com essa designação são: Alfenas, Almenara, Araguari, Araxá, Capelinha, Caratinga, Frutal, Governador Valadares, Guanhães, Guaxupé, Januária, Manhuaçu, Nanuque, Passos, Patos de Minas, Pedra azul, Pirapora, Pouso Alegre e Uberlândia.
Outros municípios também foram contemplados por meio do edital de remoção, entre eles estão: Bom Despacho, Curvelo, Ipatinga, Lavras, Leopoldina, Nova Serrana, Ouro Preto, Pará de Minas, Pouso Alegre, Sabará, São João Del Rei, Uberaba e Vespasiano.
A Chefia da Polícia Civil já encaminhou ofício à Secretaria de Estado de Planejamento, solicitando prorrogação da validade do concurso por mais dois anos. A medida, sendo atendida, possibilita futura nomeação de outros médicos legistas e que mais municípios sejam atendidos.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.