terça-feira, 1 de Março de 2016 11:01h

Briga entre famílias termina com tiros em povoado

Uma jovem foi baleada neste domingo e, dias antes, os irmãos dela teriam atirado contra a casa do suspeito por causa de uma briga

Uma briga entre famílias pode ser a motivação para uma tentativa de homicídio registrada no povoado de Areias, zona rural de Nova Serrana. A briga teria começado há dias, em um bar, e resultou em retaliações. Um homem foi preso suspeito do crime.
De acordo com a Polícia Militar, na manhã de ontem, um homem, de 30 anos, foi preso, suspeito de atirar contra uma jovem, de 20 anos, dentro de um bar neste domingo. A vítima foi atingida de raspão nas costas, levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), medicada e liberada.

 

 

 


Toda a confusão, segundo testemunhas, teria começado dias antes, depois de uma briga envolvendo o suspeito e os irmãos da vítima dentro do bar de propriedade do pai da jovem. Posteriormente, os irmãos teriam idos até a casa do suspeito, onde efetuaram disparos de arma de fogo contra a casa dele.
Neste domingo, o suspeito foi até o bar e atirou diversas vezes contra a jovem e fugiu logo em seguida. Na manhã de ontem, os militares receberam denúncias de que o suspeito estaria andando pelas ruas do povoado e conseguiram localizá-lo.
Contra ele, havia um mandado de prisão em aberto por pensão alimentícia. Ele foi preso e encaminhado para a Delegacia de Nova Serrana. A motocicleta que ele estava foi apreendida e encaminhada para o pátio credenciado ao Detran.

 

 

 

Sorveteria
Na noite deste domingo, uma pessoa, que não teve a idade revelada pela Polícia Militar, foi baleada em uma tentativa de assalto a uma sorveteria no bairro Santa Cruz, em Nova Serrana.
De acordo com a Polícia Militar, testemunhas contaram que a vítima estava na sorveteria, quando dois suspeitos, um deles armado, entraram no local e anunciaram o assalto. A vítima reagiu, tentando tomar a arma do suspeito, que atirou. Os disparos acertaram o braço e o abdômen da vítima, que foi socorrida e levada para o Hospital São José, onde permanece internada, com o quadro clínico estável. Os suspeitos fugiram após o crime e não foram localizados.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.