quinta-feira, 16 de Abril de 2015 10:56h Atualizado em 16 de Abril de 2015 às 11:00h. Pollyanna Martins

Caixa com materiais do Fórum é encontrada no bairro Santa

Policial militar encontrou o material enquanto fazia caminhada

Uma caixa endereçada ao Fórum Dr. Manoel Castro dos Santos foi encontrada com diversos materiais na noite dessa terça-feira, em terreno baldio no bairro Santa Marta. Segundo a Polícia Militar, a caixa foi encontrada por um policial militar que fazia caminhada nas proximidades. Vários objetos endereçados ao Fórum estavam espalhados pelo chão.
De acordo com o delegado regional, Fernando Vilaça, dentro da caixa estavam celulares, balanças de precisão, som automotivo, rádios de comunicação, além de arma de fogo falsa que pertencem a processos criminais da vara de Divinópolis. No boletim de ocorrência consta que a caixa estava violada, mas o delegado deu outra informação.
“Na verdade a informação de que a caixa estava endereçada ao Fórum não procede, muito provavelmente foi algum material que veio do Tribunal para o Fórum e essa caixa foi reutilizada para se colocar esses objetos. A gente viu que a caixa foi nitidamente reutilizada na forma como ela foi lacrada”, explica Fernando.
Segundo o delegado, ainda não dá para afirmar se a escrivã presa na semana passada por vender armas apreendidas do Fórum está envolvida neste caso também. Porém, esta possibilidade não foi descartada.
O delegado explicou que o primeiro passo da investigação será determinar a qual secretaria do Fórum os materiais pertencem. “Nós já estamos em fase bem adianta no sentido de determinar a quais processos estão vinculados esses objetos, a qual secretaria [estão ligados], e aí sim [vamos] ouvir o responsável dela e saber o porquê esses objetos foram descartados em um lote vago”, diz.

PROCEDIMENTO
Conforme o delegado, outro ponto a ser esclarecido na investigação é se a de destruição dos objetos foi solicitada pelo juiz e houve falha neste processo. “Nós vamos prosseguir com a investigação para saber se foi com ordem do juiz que esses objetos saíram do Fórum para a destruição e apenas não se cumpriu a legislação, para se fazer de forma regular a destruição desses objetos e eles foram descartados. Ou se não teve conhecimento do juiz a saída dos objetos, aí seria outro crime. Nós vamos apurar se houve crime, ou se foi uma infração administrativa”, explica.

 

Crédito: Divulgação/PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.