quinta-feira, 2 de Agosto de 2012 13:20h Camila Caetano

Caixa de som de um carro é furtada no Bairro São Luiz

De acordo com o proprietário seu amigo que mora nesse local disse que chegou a ouvir os cachorros latirem constantemente por volta das 03h, entretanto, ao sair à rua não avistou nada de anormal.

Na madrugada dessa quarta-feira, primeiro de agosto, o veículo de Marlon Hilton de Oliveira, 36 anos, teve a caixa do som furtada no Bairro São Luiz, Rua Damasco. De acordo com o proprietário seu amigo que mora nesse local disse que chegou a ouvir os cachorros latirem constantemente por volta das 03h, entretanto, ao sair à rua não avistou nada de anormal.

 


O carro não foi violado, deste modo, Marlon acredita que tenha sido aberto com alguma chave mixa. Segundo a vítima, seu prejuízo é relevante, já que totalizou o furto de dois alto falantes de 12 polegadas, com bobina dupla, duas cornetas da marca Rex, e dois super tweeter da marca Power. Cada alto falante custa em torno de R$ 460,00 e a caixa de som totaliza em R$ 1.000,00. Marlon afirma que ainda não quitou sua dívida da caixa, e que a mesma não estava com a potência, pois havia retirado no dia anterior para consertar. Ainda de acordo com Marlon, os alto falantes que foram furtados não são mais fabricados, e quem os possui, apresenta em mãos uma relíquia.

 


O proprietário não tem suspeitos, mas acredita que tenham sido dois, porque a caixa é pesada e um só não conseguiria carregar. Soldado Vinícius chegou a passar algumas dicas para Marlon, afirmando que é necessário colocar algumas alças nessas caixas para facilitar a retirada das mesmas todas as noites, proporcionando maior segurança.

 


Diante dos fatos, a Polícia Militar tomará as providências. “Fazer o registro e tentar o rastreamento, o suspeito teremos que deixar para a vítima, e nós vamos fazer a verificação, e cabe a justiça jurídica tomar as outras providências”, conclui o Soldado Vinícius sobre o acontecimento. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.