quarta-feira, 25 de Abril de 2012 11:56h Vinicius Soares

Caixas eletrônicos tem sido alvo dos assaltantes em Minas Gerais

Nos três primeiros meses de 2012 foram 73 equipamentos arrombados em todo o Estado

Em Minas Gerais, já foram contabilizados 73 ocorrências de arrombamentos a caixas eletrônicos. Não só os bancos, como outros espaços, tem sido alvo dos bandidos.
Esse tipo de crime é caracterizado por formação de quadrilha e envolve toda uma logística minuciosamente trabalhada pelos membros deste tipo de organização criminosa.
A Grande BH, abrangente por cidades próximas como Betim, Contagem, Vespasiano, Esmeralda, dentre outras, é a grande campeã nesse aspecto criminal. São quase 70% dos casos. Os outros 30% se dividem pelas cidades do interior.
Em Divinópolis, até agora foram dois casos. Um nos caixas instalados em uma faculdade no Bairro Manoel Valinhas e outro em um banco situado no alto da Rua Goiás, quase esquina com a Rua Mato Grosso.
Sobre esses incidentes, a Polícia Militar tem vigiado todo o perímetro central e o espaço composto pelos bairros Santa Clara e Bom Pastor, onde o fluxo de veículos é grande devido a Avenida JK ser uma via de acesso a cidade e também porque ali se encontram muitos pontos comerciais e agências bancárias.
Na tarde desta segunda-feira (21), o governador Antonio Anastasia afirmou que a situação está sob controle. Segundo o chefe do Executivo Estadual, o esquema armado para este tipo de crime será desmantelado em uma ação integrada das forças de segurança. A PM informou também que está em contato com o Exército Brasileiro e com a Polícia Federal, responsáveis pela fiscalização de explosivos. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.