quinta-feira, 2 de Agosto de 2012 15:56h Gazeta do Oeste

Carreteiro é condenado a pagar quase R$ 30 mil por causar acidente em rodovia

O motorista de uma carreta foi condenado a pagar indenização por provocar um acidente na BR-101 e fugir logo depois da batida. O carreteiro vai pagar R$ 29.264,74 por danos materiais a um empresa de engenharia de Belo Horizonte, dona do veículo danificado na colisão. A decisão é do juiz Paulo Rogério de Souza Abrantes, da 11ª Vara Cível de Belo Horizonte e por ser de primeira instância, está sujeita a recurso.

De acordo com o processo, em agosto de 2007, o carreteiro seguia pela rodovia, na altura de São Mateus (ES), quando fez uma conversão, sem usar o acostamento, para entrar em um posto de combustíveis. O motorista da empresa seguia em uma caminhonete Nissan Frontier, atrás da carreta e foi surpreendido pela manobra. Um Fiat Palio que seguia na direção contrário foi obrigado s desviar da carreta e bateu na lateral da caminhonete. Segundo testemunhas do processo, o motorista da carreta fugiu e foi localizado somente a oito quilômetros do local do acidente.

O motorista da carreta jogou a culpa no condutor do Palio, dizendo que ele estava em alta velocidade e perdeu o controle do veículo. Disse ainda que não parou no acostamento porque a carreta não caberia ali e que o Palio estava longe no momento da conversão.

O juiz se baseou em boletim de ocorrência, nos depoimentos das testemunhas e envolvidos. Para o magistrado ficou confirmada a versão da empresa de engenharia. Paulo Rogério entendeu que a culpa foi do carreteiro, tendo em vista que ele não respeitou as normas de trânsito para realizar a conversão. Assim fixou pena indenização. Sobre o valor devem incidir juros e correção monetária.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.