quinta-feira, 13 de Novembro de 2014 06:57h

Casal é executado na frente dos filhos em Pará de Minas

Um casal foi executado a tiros dentro de um barraco na Rua Geraldo Joaquim da Costa, bairro Belvedere, em Pará de Minas

Os vizinhos ouviram os disparos, mas quando o socorro chegou o casal já estava morto.
A Polícia Militar foi acionada por vizinhos que ouviram os disparos, mas ninguém soube dar nenhuma informação da autoria e motivação do duplo homicídio. Ao chegar ao endereço, os policiais se depararam com Wesley Moreira Dias, de 23 anos, caído na sala, e a amásia dele, Débora dos Santos Costa Alves, também de 23 anos, no quarto do casal.
O duplo homicídio foi cometido na frente do filho de Wesley, de quatro anos, e na frente da filha de Débora, uma menina de cinco anos. O casal estava junto há aproximadamente três meses e as crianças são de relacionamentos passados.
Os policias conversaram com as crianças que relataram como tudo aconteceu. De acordo com a Polícia Militar, as crianças contaram que alguém chamou à porta, Wesley abriu para atender e foi morto na porta da sala.
Ainda de acordo com as crianças, nesse momento, Débora pediu que elas ficassem no quarto e o assassino ouviu a voz dela. Ele foi até o quarto onde estavam a vítima e as duas crianças e atirou contra Débora, que teve morte instantânea. Ela e o amásio morreram com tiros na cabeça e rosto. A Polícia Militar ainda informou que as crianças disseram que o assassino estava sozinho, usava capuz e óculos escuros.
Os familiares de Débora foram para a porta do barraco acompanhar o trabalho da polícia. Todos foram unânimes em afirmar que a jovem não tinha envolvimento com o crime e ainda tentava mudar o rumo da vida de Wesley. Os familiares acreditam que ela foi morta como queima de arquivo.
Os corpos de Wesley e Débora foram removidos pelo serviço funerário para realização do trabalho de necropsia. Os filhos do casal foram entregues aos familiares.
De acordo com a Polícia Militar, havia denúncias do envolvimento do homem com tráfico de drogas e ele já tinha passagens pela polícia por homicídio e tráfico de drogas. Na casa das vítimas os policiais militares encontraram um revólver calibre 38 escondido em cima do armário.

 

 

Crédito: Luiz Silva

casal, executado, frente, filhos, minas

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.