segunda-feira, 5 de Novembro de 2012 02:34h Gazeta do Oeste

Chuva arrasta carro, inunda vila e prejudica o trânsito na região metropolitana

A chuva que caiu neste domingo causou transtorno em Belo Horizonte e região metropolitana.Em Jaboticatubas, na região central do Estado, duas crianças morreram esmagadas após uma caminhonete ter sido arrastada por uma tromba d'água e passado por cima delas. Outras duas crianças que também estavam próximo ao veículo ainda estão desaparecidas. Três pessoas que estavam no veículo, dois adultos e uma criança de 9 anos, foram socorridos com escoriações pelo corpo e levadas para o hospital de Pronto Socorro João XXIII.

Em Belo Horizonte um carro foi arrastado na avenida Pedro II, no bairro Jardim Alvorada. Bombeiros foram acionados para socorrer o motorista, que ainda estaria dentro do veículo. De acordo com o Corpo de Bombeiros o homem conseguiu sair antes mesmo da chegada do socorro e não ficou ferido. Na rua Paqueque, no bairro Lagoinha, um outro veículo, de modelo Fiat Doblô ficou atolado após um alagamento no entorno da Praça do Peixe. Na região central de Belo Horizonte, a chuva e a grande movimentação de veículos, devido ao retorno do feriado, causaram congestionamento no entorno da rodoviária. De acordo com a BHTrans, o trânsito também ficou bastante intenso na avenida Olegário Maciel, do cruzamento com a av. Álvares Cabral até o entorno da Praça Raul Soares, e na avenida Afonso Pena, do cruzamento com a rua Caetés até o cruzamento com a avenida Amazonas.

Em Sabará, bombeiros atenderam uma ocorrência de inundação na Vila Esperança. A Defesa Civil foi acionada e também se deslocou para a vila. Segundo o Corpo de Bombeiros, a princípio não havia nenhum ferido no local.
A chuva também prejudicou o trânsito na BR-381 e na MG-010. Segundo a PRF, o trânsito ficou congestionado na BR-381 na altura de Betim, do km 494 ao km 498 , em Caeté no km 418 e em Sabará, com quatro quilômetros de retenção na chegada para BH. Na MG-010, na altura de Vespasiano, motoristas enfrentam retenção desde o início da tarde, quando começou a chover.

 

A rodovia MG-020, altura do quilômetro 12, no Bairro Ribeiro de Abreu, Região Nordeste da capital, ficou com a pista no sentido Belo Horizonte alagada. Uma fila de aproximadamente um quilômetro se formou no local até que a água baixasse e permitisse que os carros passassem.


Segundo a Defesa Civil, até às 19h20 já havia chovido 52,00 em Venda Nova, 27,6 na região da Pampulha, 45,8 na regional Nordeste, 52,6 mm na Noroeste, 52,2 na Oeste, 77,6 mm na Centro-Sul, 36,6 mm na Norte e 40,2 no Barreiro.

De acordo com a Defesa Civil de Sabará, além do alagamento na Vila Esperança outros três casos de alagamentos foram registrados nos bairros Coqueiros, Ravena e General Carneiro. Até às 20 h já havia chovido 78 mm, quantidade bem acima do esperado, segundo o representante da Defesa Civil, Elias Magalhães. Os moradores que vivem próximo aos córregos nesses três bairros foram orientados a deixar suas casas e acionar imediatamente a Defesa Civil caso a chuva volte a cair nesta noite.


Em Contagem, também na região metropolitana, duas ocorrências foram registradas até às 20h30 do domingo. Na rua José Costa Ferreira, no bairro Alvorada, houve um alagamento e moradores acionaram os bombeiros com medo de deslizamentos de terra. No bairro Jardim Riacho das Pedras um muro de aproximadamente 3 metros desabou durante a chuva. Ainda de acordo com os bombeiros, ninguém se feriu.

Alerta:
A Defesa Civil de BH divulgou um alerta de chuva forte para a madrugada deste domingo. De acordo com informações do centro de meteorologia Tempo Clima, deve cair cerca de 20 mm durante a noite.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.