terça-feira, 2 de Fevereiro de 2016 09:40h

Clientes são feitos reféns em assalto a restaurante

O crime foi em Pará de Minas e contou com o Grupo de Ações Táticas de Belo Horizonte e a Companhia de Missões Especiais de Divinópolis

Um jovem, de 22 anos, foi preso no fim da noite de sexta-feira, após fazer cerca de 20 pessoas reféns por mais de duas horas em um restaurante no bairro Belvedere, em Pará de Minas. Polícia Militar e Corpo de Bombeiros fecharam o quarteirão para negociar com o suspeito, que se entregou. Ninguém ficou ferido.
De acordo com as vítimas, Dhiefson Marcos Lozado Alves, de 22 anos, chegou armado ao local, por volta das 21h, e rendeu a operadora de caixa. Logo em seguida, ele levou os clientes para os fundos do estabelecimento e obrigou que eles deitassem no chão.
Populares, que passavam pela rua, notaram que algo estranho estava ocorrendo e acionaram a Polícia Militar, que chegou rapidamente ao local e iniciou as negociações. Foi pedido reforço do Grupo de Ações Táticas (Gate) de Belo Horizonte e a Companhia de Missões Especiais de Divinópolis.
Todo o quarteirão foi isolado e o criminoso deixou três reféns na mira do revolver enquanto negociava com os policiais. Ele exigiu a presença de dois advogados e de um parente. Aos poucos, ele foi liberando os reféns e se entregou por volta das 23h30.
Duas mulheres que foram feitas reféns passaram mal e foram levadas para o hospital da cidade. O suspeito, que cumpria pena no regime semiaberto, foi imobilizado e levado para a Delegacia. Ele possui passagens por assaltos e furtos na região.
A Polícia Militar acredita que um comparsa também estava envolvido no crime, mas fugiu com a chegada dos militares. A arma utilizada pelo suspeito foi apreendida e os materiais roubados dos clientes foram devolvidos às vítimas.

 


Créditos: Divulgação WhatsApp

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.