quinta-feira, 6 de Agosto de 2015 10:05h Atualizado em 6 de Agosto de 2015 às 10:06h. Pollyanna Martins

Comandante da 7ª Região anuncia terceira fase da Operação Integrada Fênix

Operação já foi realizada na Praça Candidés, no entorno do Campo Guarani e no “Morro da Pitimba”

O Comandante da 7ª Região, Coronel Laércio Reis, anunciou ontem a terceira fase da Operação Integrada Fênix. A operação foi realizada no dia 10 de junho, na Praça Candidés, com o principal objetivo de retirar os indivíduos em situação de rua e vários usuários de drogas, que frequentavam o local conhecido como “Carrapateiro”. Durante a ação, os usuários foram abordados, identificados e encaminhados para os órgãos de saúde e de assistência social da Prefeitura Municipal. Posteriormente, a operação foi executada no entorno do Campo Guarani, e no “Morro da Pitimba”, e manteve o mesmo padrão de abordagem com os usuários de drogas.
Além dos resultados alcançados com o encaminhamento social e de recuperação dos assistidos, a Operação Fênix resultou em prisões de alguns foragidos da justiça e de traficantes que agiam nestes locais, que fomentavam o consumo de drogas e por consequência, a prática de alguns crimes como furtos e roubos a mão armada naquela região e bairros vizinhos. A operação contou com o apoio da Prefeitura Municipal, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Civil, da Associação Comunitária para Assuntos de Segurança Pública (ACASP), da empresa Valor da Logística Integrada (VLI, antiga FCA), do Ministério Público e do Poder Judiciário.
Durante o lançamento da campanha “Dê dignidade, não dê esmolas”, o Coronel informou que a comissão de todos os órgãos envolvidos irão se reunir hoje para avaliar a migração dos usuários de drogas. “Na Praça Candidés, nós já temos a questão resolvida por enquanto, nós teremos também, por parte do órgão específico da Prefeitura, um projeto para a revitalização da Praça. A comissão vai avaliar a migração e o que será feito em virtude dessa migração, para que dê assistência a essas pessoas, e faça a recondução delas para as suas cidades de origem”, revela.

 

Crédito: Pollyanna Martins

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.