sexta-feira, 10 de Agosto de 2012 14:07h Camila Caetano

Comitê para Repressão às Drogas é criado no estado de Minas Gerais

Representantes da Polícia Militar, Civil, Federal, Rodoviária Federal e Ministério Público se reuniram essa semana com o secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, e o secretário adjunto, Denilson Feitoza para abordarem medidas que visem à prevenção e repressão às drogas em Minas Gerais. Deste modo, uma das decisões tomadas é a criação de um Comitê Interinstitucional de Enfrentamento às Drogas, o qual facilitará o exercício e regulamentação das atividades das Instituições que reprimem o uso de drogas.

 


Agora uma das expectativas do Comitê é perpetuar a atividade para outros estados que são fazem fronteiras no país, por aonde as drogas realmente chegam, como Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, e Paraná. Assim, a proposta é cortar os malefícios pela raiz. Além disso, é necessário que as informações sejam compartilhadas entre as Unidades, para que assim o tráfico seja combatido de forma mais sistemática.
Outra novidade é que Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público serão inseridos ao Centro Integrado de Comando e Controle e a Sala de Situação e Gerenciamento de Crises, a fim de intensificar a integração das instituições.

 


Outra abordagem não menos importante que também está sendo abordada pelo Comitê é a prevenção ao uso de entorpecentes, com o objetivo de evitar a dependência química. Contudo, para aqueles que precisam de ajuda, serão mantidos a assistência social. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.