quarta-feira, 8 de Junho de 2016 16:29h Atualizado em 8 de Junho de 2016 às 16:57h. Acasp

Companhia Tático Móvel realiza 170 operações em Divinópolis

O serviço de inteligência da PM entrelaçado com o empenho dos militares da 240° Companhia do Tático Móvel tem conseguido atuar de forma ostensiva no combate a criminalidade em Divinópolis

No mês de maio, 170 operações foram realizadas, mais de 20 pessoas foram presas e seis armas de fogo foram apreendidas. Dotadas de policiais bem treinados e com características distintas das outras companhias, os militares do TM são empenhados em operações e ocorrências com maior grau de complexidade. O grupo direcionado para trabalhar na Cia possui habilidades específicas, como o conhecimento em artes marciais, o que possibilita que o militar contenha o infrator sem usar uma força letal, no caso, a arma de fogo.

 

A principal missão da companhia Tático Móvel é a repressão qualificada e sistemática à criminalidade violenta e o tráfico de drogas, bem como a restauração da ordem pública. O policiamento do TM está presente em manifestações violentas, distúrbios civis, ocupação e defesa de pontos sensíveis, rebeliões em presídios, além de prestar apoio às demais Cias no policiamento preventivo e em blitz da Lei Seca.

 

 

 

 

A 240° Cia Tático Móvel em Divinópolis foi criada em 2009 e está instalada na sede do 23° Batalhão da Polícia Militar, é dela também a responsabilidade pelo Grupo Especial para Prevenção Motorizada Ostensiva Rápida, o GEPMOR. Sob o comando do Capitão Douglas Guimarães Lima, a Cia participou de importantes prisões de infratores envolvidos em crimes. Um trabalho intenso e  detalhado, através de uma mapa estatístico, que aponta bairros e regiões com maior número de criminalidade.

Um caso recente de destaque na atuação do TM foi a prisão do suspeito da explosão do caixa eletrônico do Supermercado Candidés, ocorrido no mês de maio. No ano passado os militares se envolveram em uma perseguição e tiveram êxito ao resgatar uma vítima de sequestro relâmpago, no bairro Porto Velho. Na ocasião, a viatura da PM bateu no carro onde estava a vítima, e o ato foi imprescindível para libertá-la.

 

 

 

Foi através de denúncias e o serviço de inteligência da PM, que outra ocorrência ganhou destaque no município, quando os policiais conseguiram acabar com um “batidão” regado a álcool e drogas, na zona rural de Divinópolis. Vários adolescentes foram apreendidos, drogas, produtos furtados foram localizados. Recentemente, sete jovens foram detidos pela equipe da TM após cometer um arrastão de roubos de veículos próximo a região das universidades.

Apesar das dificuldades em obter recursos, a Polícia Militar tem procurado atuar de forma sistemática e focada em cada região da cidade que possui características distintas. A setorização da PM permite um trabalho mais eficiente e humano em prol da segurança pública.

 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.