segunda-feira, 5 de Novembro de 2012 02:35h Gazeta do Oeste

Corpo de assistente social morto no Morro do Papagaio é velado na capital

Está sendo velado na tarde deste domingo o corpo do assistente social assassinado no Morro do Papagaio, região Centro-sul de Belo Horizonte. Marcelo Rodrigues Novaes foi morto a facadas dentro de uma lanchonete no aglomerado na tarde de sábado.

De acordo com a Polícia Militar, o cunhado dele, que ainda não foi detido, é apontado como o principal suspeito do crime. A suspeita é de que o crime tenha sido motivado por uma discussão entre os dois, por motivos familiares.

Os moradores do aglomerado estão chocados com o crime. Um morador, que preferiu não se identificar, lamentou o ocorrido e afirmou que Marcelo era uma pessoa tranquila e que ajudava várias pessoas na comunidade. Ele, que era pai de duas crianças, foi um dos primeiros moradores do aglomerado a conseguir concluir o ensino superior e estava engajado em programas sociais.

O corpo do assistente social será enterrado na manhã desta segunda-feira no Cemitério da Paz. Ainda segundo a PM o caso será investigado pela Polícia Civil.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.