quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2012 08:46h Atualizado em 9 de Fevereiro de 2012 às 10:25h. Paulo Reis

Corpo de caminhoneiro é encontrado em um rio de Lagoa da Prata

Vítima foi morta à golpes de faca

O corpo de um homem de 32 anos foi encontrado boiando nas águas do rio Santana na tarde da última quarta-feira (08) por policiais militares. O local é conhecido pela presença constante de marginais.
Antes de encontrarem o corpo os militares abordaram um menor de 16 anos que conduzia um caminhão numa das estradas que corta o município de Lagoa da Prata. Durante questionamentos o menor confessou que o condutor do veículo havia sido assassinado e jogado no rio.
De posse das informações os policiais realizaram uma diligência ao local e encontraram o corpo de André Pimentel Nunes, que era natural de Patos de Minas.
Durante interrogatório o jovem de 16 anos afirmou apenas ter furtado o veículo e reforçou por inúmeras vezes que não tinha participação na morte da vítima. Segundo a PM o menor pode estar protegendo alguém, pois o mesmo não soube explicar em momento algum quem estava no local no momento do crime.
No local os policiais encontraram vestígios de bebidas alcoólicas e drogas.
De acordo com a perícia civil a vítima foi atingida por aproximadamente 15 golpes de objeto pontiagudo semelhante a uma faca.  
O pai do menor que esteve na Delegacia também acredita que existam mais pessoas envolvidas neste crime. Emocionado ele pediu desculpas aos familiares do motorista assassinado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.