sexta-feira, 19 de Agosto de 2011 10:43h Natalia Santos

Criminalidade em Nova Serrana diminui

Até o momento foram registrados 11 homicídios

Diferente da imagem que muitos têm da Capital Mineira do Calçado Esportivo, Nova Serrana vem apresentando números satisfatórios quando o assunto é criminalidade. Na última semana, o delegado da Polícia Civil da Comarca de Nova Serrana, Dr. Rodrigo Noronha junto com o comandante da 100ª Cia Especial de Polícia Militar de Nova Serrana, Major Jefferson Ulisses, fizeram uma prestação de contas e apresentaram números e comparações dos crimes da cidade.



Na ocasião foi apresentado a condecoração que as polícias Civil e Militar de Nova Serrana receberam da Secretaria Estadual de Segurança Pública, pela significativa redução dos índices de criminalidade.
 


De acordo com o delegado Rodrigo Noronha, no ano de 2009, Nova Serrana registrou 32 homicídios, em 2010 o número foi reduzido e em 2011, já completando o oitavo mês, foram registrados cerca de 11 homicídios. Este, é o número que as forças de seguranças, de forma integrada, pretendem manter, aproximando dos índices recomendados pela Organização das Nações Unidas (ONU).
 


O delegado Rodrigo Noronha ressaltou, ainda, que em Nova Serrana diminuíram não só os crimes de menor periculosidade, mas também os violentos tiveram considerável redução, garantindo aos cidadãos maior entendimento das ações promovidas pela segurança pública.

 

Segundo o major Jefferson Ulisses, a prestação de contas dos resultados obtidos em Nova Serrana, bem como a exposição desta importante homenagem recebida pelas forças de policiamento atuantes no município, mostra o comprometimento, seriedade e complexidade dos trabalhos realizados na cidade. Como resultado pela condecoração recebida, as polícias Civil e Militar de Nova Serrana receberão do Governo de Estadual a soma R$ 30 mil reais em equipamentos, que serão divididos entre as duas corporações.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.