sexta-feira, 29 de Abril de 2016 10:30h Polícia Civil de Minas Gerais

Delegacia Virtual completa dois anos com mais de 360 mil ocorrências registradas

A Delegacia Virtual da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) completa, no próximo sábado (30), dois anos de funcionamento

Trata-se de um serviço de solicitação de registro de ocorrência, disponível para computador e celulares, que permite ao cidadão registrar ocorrência de Acidente de Trânsito Sem Vítima, Perda de Documentos e Objetos Pessoais, Desaparecimento e Localização de Pessoas Desaparecidas e Danos Simples, para fatos ocorridos em Minas Gerais, no prazo de até 30 dias.

De acordo com o último balanço da Polícia Civil, desde o dia 30 de abril de 2014, quando o serviço foi criado, já foram registradas um total de 365.976 ocorrências. Destas, 101.386 foram de Acidente de Trânsito Sem Vítima; 971 de comunicação de pessoa desaparecida; 2502 de dano simples; 243.159 de extravio de documentos e 17.958 de extravio de objetos pessoais.

 

 

 

Dentre os municípios com maior registro de ocorrências estão: Belo Horizonte (114.659), Uberlândia (21.779), Contagem (21.421), Juiz de Fora (12.584) e Betim (11.162).

A Delegacia Virtual foi criada com o intuito de diminuir o número de registros presenciais feitos nas delegacias e nos postos de atendimento da Polícia Militar, reduzindo, assim, o tempo de espera para registro das demais ocorrências nas unidades policiais. Portanto, os benefícios da Delegacia Virtual não se limitam à população. O Estado também ganha com a iniciativa. Além de combater a subnotificação de registros, o serviço gera economia de insumos, energia e materiais utilizados nas delegacias quando o registro é feito pessoalmente.

 

 

 

A coordenadora de Informações da Superintendência de Informações e Inteligência Policial (SIIP), Yukari Miyata, destaca a conquista alcançada nesses dois anos de funcionamento da Delegacia Virtual. “Os procedimentos da Delegacia Virtual permitem liberar policiais militares para policiamento ostensivo e os civis para produção de inquéritos, investigação e atendimento de registros de maior urgência”.

 

 

 

Como funciona

Com acesso por meio do endereço delegaciavirtual.sids.mg.gov.br, a Delegacia Virtual tem links de atalho também nos sites da Polícia Civil de Minas Gerais (www.policiacivil.mg.gov.br) e do Detran (www.detran.mg.gov.br). O Registro de ocorrências na Delegacia Virtual é feito por meio do preenchimento de formulários que são apresentados, gradativamente, na tela. Após o envio dos dados ao sistema, a ocorrência passará por uma triagem. Em até quinze minutos, será emitida uma mensagem, informando o número do Registro de Evento de Defesa Social (Reds), bem como a forma de acessá-lo no site do Sistema Integrado de Defesa Social (Sids), para imprimi-lo. O documento poderá ser usado para fins de acionamento da seguradora, comprovação de extravio de documentos e outros fins.

Uma equipe de policiais e analistas trabalha em esquema de plantão, na sede da SIIP, atuando 24 horas na triagem dos registros recebidos.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.