terça-feira, 28 de Agosto de 2012 12:12h Gazeta do Oeste

Delegado entra em condomínio do sítio do ex-goleiro sem mandado de busca

Uma equipe da Polícia Civil entrou no condomínio Turmalina, em Esmeraldas, onde o ex-goleiro Bruno Fernandes possui um sítio e fez um reconhecimento da área, após uma denúncia recebida no início da madrugada desta terça-feira (28) de que a ossada da modelo Eliza Samúdio estaria enterrada no local. De acordo com o delegado Alex Araújo Souza, titular da delegacia de polícia de Ribeirão das Neves, na Grande BH, a denúncia dava conta de que o corpo da modelo teria sido enterrado entre duas palmeiras, onde uma bananeira teria sido plantada recentemente. Após a entrada da equipe no condomínio, o delegado confirmou a existência da bananeira, mas disse que as característas descritas pelo autor da denúncia não são as mesmas verificadas.

 

 

O delegado estava acompanhado dos advogados do condomínio e o do proprietário. Segundo Souza, uma equipe do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (D.H.P.P.) deve ir até o sítio nessa terça, porém, no Departamento ninguém confirmou se será feito, de fato, a visita ao sítio para as buscas. Cabe agora ao delegado Wagner Pinto, titular do Departamento, fazer o pedido.


Os advogados do condomínio e o do proprietário disseram que, após a entrada da equipe da Polícia Civil de Ribeirão das Neves, a entrada só seria permitida mediante ordem judicial.

 

 

 

 

 

 

 

 

HOJE EM DIA

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.