terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015 11:05h Carina Lelles

Denunciado pelo MPF por assalto aos Correios é preso pela PM

Foi preso neste fim de semana pela Polícia Militar, Leandro José de Sousa Santos, 28 anos

Foi preso neste fim de semana pela Polícia Militar, Leandro José de Sousa Santos, 28 anos, que foi denunciado juntamente com outras quatro pessoas pelo Ministério Público Federal (MPF) pelo assalto ao Centro de Distribuição dos Correios, em dezembro do ano passado, em Divinópolis.
De acordo com a Polícia Militar, Leandro foi abordado na noite de sexta-feira. Ao checar os dados, foi constatado que havia um mandado de prisão contra ele, emitido pela Justiça Federal. Leandro e outras quatro pessoas são apontados como os suspeitos de um assalto ao Centro de Distribuição dos Correios, em dezembro do ano passado.
Leandro fará companhia aos outros três suspeitos, Pedro Henrique Martins Lima, Rafael Teixeira Amaral e Raul Geraldo Alexandre, que já estão presos. O quinto integrante da quadrilha, Marcos Paulo de Lima, ainda está foragido. Washington Thiago Rodrigues também participou do assalto e foi morto em uma troca de tiros com a Polícia Militar, no fim do ano passado.

 

O crime
De acordo com o MPF, os fatos tiveram início no dia 21 de dezembro, quando Pedro Henrique e Washington Thiago Rodrigues abordaram o condutor de um Fiat Strada, em Divinópolis, e sob ameaça de arma de fogo obrigaram-no a descer e a entregar-lhes o veículo que, três dias depois, seria utilizado no assalto aos Correios.
O carro só foi encontrado três dias depois, em 24 de dezembro, um dia após ser utilizado no assalto ao Centro de Distribuição dos Correios. No dia anterior, dois dos acusados, disfarçados por capacetes de motocicletas entraram no local de armas em punho, anunciaram o assalto e renderam os funcionários, amordaçando-os e vendando-os com fita adesiva. As mãos das vítimas foram amarradas com lacres plásticos.
Em seguida, entraram mais dois acusados e, junto com os demais, passaram a abrir todas as encomendas que se encontravam no local, violando mais de 200 pacotes para roubar os objetos que lhes interessava. Além das encomendas sob a guarda dos Correios, os denunciados ainda roubaram bens pessoais dos funcionários.

 

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.