quarta-feira, 20 de Maio de 2015 12:08h Atualizado em 20 de Maio de 2015 às 12:11h. Pollyanna Martins

#Deputado contesta transferência da 7ª Companhia de Meio Ambiente e Trânsito para Divinópolis

Comandante da 7ª Região, Coronel Laércio Reis, tomou a decisão com base em dados que mostraram uma demanda maior de criminalidade em Divinópolis

Uma audiência pública está marcada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), para discutir a mudança da ‘A 7ª Cia Independente de Meio Ambiente e Trânsito para Divinópolis’, que atualmente tem sede em Bom Despacho. A Audiência, que foi marcada para o dia 3 de junho, foi solicitada pelo Deputado Cabo Júlio, vice-líder do Governo na ALMG, pois ele discorda da decisão.  ''A cidade, que já foi sede, inclusive, de Comando Regional, vem a cada dia perdendo mais unidades militares'', enfatiza o deputado.
A mudança foi solicitada pelo Comandante da 7ª Região, Coronel Laércio Reis. Segundo o Coronel, a sugestão de trazer a sede da Companhia para Divinópolis partiu da necessidade de integrar a administração da Polícia Militar. “A 7ª Cia de Meio Ambiente e Trânsito atua em todos os 50 municípios da região, não faz sentido a administração de uma companhia que atua em toda região ficar distante do comandante regional, até para o funcionamento do dia a dia”, explica.
O Coronel ressalta ainda que, durante uma análise preliminar, foi constatado que as chefias de todos os órgãos de Meio Ambiente estão em Divinópolis, além de a cidade contar também com a principal demanda de trânsito rodoviário na MG-050. “A MG-050 corta Itaúna, Divinópolis e Formiga, então aqui estão os maiores problemas de trânsito rodoviário também. Para não tomar esta decisão movida pela paixão, nós realizamos um estudo técnico, que será apresentado a mim, para ter dados técnicos e numéricos sobre quais outras situações que nós temos de maneira concreta e objetiva que motivaria a vinda da Cia de Meio Ambiente e de Trânsito para Divinópolis”, informa.

DEMANDAS
De acordo com o comandante, os serviços de meio ambiente e trânsito rodoviário não serão retirados de Bom Despacho, será trazido para Divinópolis apenas a administração da companhia. “Nós vamos ter fatalmente com uma administração da companhia maior em Divinópolis o movimento de mais viaturas na cidade, um efetivo maior circulando pela cidade, e isso se traduz para uma cidade que uma demanda de criminalidade maior em mais presença policial e mais segurança”, ressalta.
Conforme o coronel, a conclusão da transferência da companhia para Divinópolis está aguardando apenas a entrega do estudo. O coronel acredita que em cinco dias já estará com a pesquisa em mãos e assim começará a mudança. “Se os dados comprovarem, conforme eu estou imaginando, que a situação carece desta mudança, no mais tardar em 20 dias, a sede já será transferida para Divinópolis”, adianta.

RESULTADOS
O coronel frisa ainda que mesmo com a transferência da companhia para Divinópolis, as operações de combate ao crime continuarão, e serão intensificadas neste período que antecede a Divinaexpô. “Nós teremos, inclusive, mais operações pesadas nesta semana, e na próxima semana, que antecede a Divinaexpô, e nós sabemos que o bandido quer fazer caixa para gastar na festa. Tendo mais polícias nas ruas, a polícia estando mais presente, obviamente é um fator que reduz a criminalidade”, conclui.

 

Crédito: Reprodução

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.