segunda-feira, 22 de Outubro de 2012 16:22h Gazeta do Oeste

DFTRans fiscaliza acesso para deficientes físicos em coletivos

Cerca de 40 auditores do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) iniciaram nesta segunda-feira (22) uma operação para fiscalizar se os veículos do sistema de transporte coletivo estão cumprindo as normas de acesso para portadores de necessidades especiais.

A operação Hefesto (referência ao deus grego que tinha deficiência física) segue até o próximo sábado (27). Caso sejam detectadas infrações, os veículos serão recolhidos e as empresas podem ser penalizadas com multas que variam de R$ 270 a R$ 450 por cada irregularidade. Entre as exigências que os veículos devem cumprir estão a rampa de acesso aos ônibus, bancos reservados e cordão acessível para o pedido de parada.

De acordo com a assessoria de imprensa do DFTRans, cerca de 75% dos 3.950 ônibus da frota do DF não possuem rampa de acesso para portadores de necessidades especiais. A fiscalização está sendo feita nos terminais de ônibus e nos pontos finais do trajeto das linhas que não param em terminal.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.