quarta-feira, 22 de Julho de 2015 10:39h Atualizado em 22 de Julho de 2015 às 10:42h. Carina Lelles

Divinópolis apresenta queda no número de homicídios

Mas registra aumento de quase 10% nos registros de roubos, segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social

A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) divulgou ontem dados sobre o número de homicídios em todo o Estado. Os dados são dos seis primeiros meses de 2015, comparado com o mesmo período do ano passado. Em todo o Estado, houve redução de 11,19% nos registros de homicídios.
Em Divinópolis, segundo a Seds, o número de homicídios de janeiro a junho de 2015, teve uma redução de 16,67% se comparado com o mesmo período de 2014. A cidade aparece atrás de Nova Serrana, que registrou uma queda de 29,41%. O município que registrou maior redução no interior, segundo os dados, foi Governador Valadares, com 43,04%.
Nos primeiros seis meses de 2015, o Estado de Minas Gerais somou 1.985 registros de homicídios consumados, 11,19% a menos do que os 2.235 do mesmo período de 2014. Também houve decréscimo nos homicídios tentados, que somaram 2.537 casos, contra 3.020 no primeiro semestre de 2014.
Os registros de estupros consumados de vulneráveis, no Estado, recuaram 10,93%, de 1.235 para 1.100. Já os estupros tentados de vulneráveis caíram de 127 para 110. Os estupros consumados recuaram 2,21%, de 725 para 709. Os estupros tentados tiveram declínio mais forte, de 260 para 219 (15,77%).
Entre os crimes classificados como violentos, também houve redução no Estado no primeiro semestre de 2015, em comparação com igual período do ano passado, dos registros de extorsão mediante sequestro, de 60 para 42, 30%; e de sequestro e cárcere privado, de 195 para 163, 16,41%.

 

Roubos
Já os roubos consumados continuaram em alta no Estado. De janeiro a junho de 2015, os registros dessa natureza de crime violento somaram 54.255, com alta de 17,15% em relação aos 46.311 de igual intervalo de 2014.
E Divinópolis não ficou foram da estatística de crescimento no número de roubos. Na cidade, houve um aumento nos registros de 9,96%. Mesmo assim, segundo a Seds, bem abaixo da média do Estado, como por exemplo, em Santa Luzia, que o aumento foi de 76,76%.

 

Polícia Militar
De acordo com o chefe da seção de planejamento de operações do 23º Batalhão da Polícia Militar, tenente Borges, as operações realizadas têm surtido efeito. “Temos feito operações, entre elas a Operação Guardião, que consiste no emprego de militares pelo menos uma vez por semana e com o apoio da aeronave. A Operação Fênix em conjunto com diversos órgãos de defesa social e depois que realizamos a operação registramos uma redução muito grande no número de roubos. As operações dos militares do 23º Batalhão e da 7ª Cia de Missões Especiais visando a repressão qualificada a roubos e crimes violentos. É um pessoal treinado para este tipo de intervenção e com isso esperamos continuar reduzindo o número de crimes violentos em Divinópolis”, ressalta.
O tenente ainda afirma que a participação da população é fundamental. “A gente gostaria de ressaltar a importância de todo cidadão em fazer denúncias através do 181 e comunicar um fato que requeira uma providência e informar para auxiliar na repressão e prevenção de delitos”, finaliza.

 

Crédito: Pollyanna Martins

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.