terça-feira, 16 de Abril de 2013 05:20h Atualizado em 16 de Abril de 2013 às 05:48h. Erik Ullysses

Divinópolis registra mais um homicídio

Final de semana marcado pela violência. Enquanto a Secretaria Estadual aponta para o 10° homicídio, a imprensa divinopolitana contabiliza nove assassinatos em 2013.

Na sexta-feira (12) a Polícia Militar de Divinópolis contabilizou mais um homicídio na cidade.  De acordo com os dados da secretaria estadual de Desenvolvimento Social (Seds) este foi o 10° homicídio do ano registrado na cidade. O crime aconteceu durante a noite, na rua José Penha,  bairro Santa Lúcia. A vítima, o comerciante Amâncio Luis Sobrinho, de 58 anos, foi assaltado, e após reagir, alvejado pelos criminosos.
De acordo com a PM, o comerciante passava pela rua em uma motocicleta, tendo a sua esposa como garupa, quando foram abordados por dois indivíduos que tentaram furtar a motocicleta. Amâncio reagiu e um dos assaltantes que estava armado acabou disparando contra ele e a esposa.
Um dos disparos acertou o abdômen da vítima e o braço da mulher, de 53 anos. Os dois foram levados para o Pronto socorro Regional (PSR) e em seguida foram encaminhados para o hospital São João de Deus, mas Amâncio não resistiu aos ferimentos e morreu.
Os autores fugiram na motocicleta e não foram mais vistos. De acordo com a PM, a principal suspeita é realmente de latrocínio, roubo seguido de morte, já que a vítima não possuía passagens pela polícia.
As investigações apontam que os autores do latrocínio são dois indivíduos conhecidos por Saulinho e Jhonynho. Saulinho além de ser suspeito do crime de sábado também é suspeito da autoria do homicídio de Rafael Henrique Pereira, o Baby. Jhonynho e Saulinho também são apontados como os possíveis autores da morte de Bruno Henrique de Souza Couto, que foi assassinado no bairro Niterói. A Polícia Civil segue investigando o caso. Porém existe uma controvérsia em relação ao número de homicídios apresentados pela Seds e os registros da imprensa da cidade. Enquanto a Secretaria Estadual aponta para o 10° homicídio, a imprensa divinopolitana contabiliza nove assassinatos em 2013.

 

Tentativas de homicídio registradas no sábado e domingo

 

Além do homicídio consumado na noite de sexta-feira (12), o final de semana foi marcado por outros duas tentativas também de homicídio. Na manhã de sábado (13) duas pessoas foram baleadas por criminosos quando estavam em um carro no bairro Porto Velho. De acordo com a Polícia Militar, o carro foi alvejado por 15 tiros de arma de fogo.
Testemunhas relataram que um Golfe de cor vermelha teria parado ao lado de um Stilo preto e efetuado vários disparos. O motorista, Patrick Soares, 28 anos, foi levado em estado grave para o hospital São João de Deus com oitos perfurações pelo corpo. O passageiro Alefe Henrique, 20 anos, foi atingido por três disparos da arma e foi encaminhado para o Pronto Socorro, mas não corre risco de morte. Os dois possuíam passagens pela polícia por tráfico de drogas. Os autores ainda não foram identificados e o rastreamento continua sendo feito pela PM.
Já no domingo (14) uma nova tentativa de homicídio foi registrada na rua Cambuquira, número 93, bairro Afonso Pena. De acordo com a Polícia Militar, a vítima Adriano Magalhães de Oliveira, estava em um bar no referido endereço, quando um indivíduo chegou ao local e efetuou diversos disparos contra as suas costas.
Logo em seguida, o autor fugiu do local. A PM informou que o autor é conhecido no meio policial e que o rastreamento continua sendo realizado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.