quarta-feira, 7 de Novembro de 2012 13:16h Gazeta do Oeste

Dois parentes de cada réu poderão acompanhar júri do caso Eliza

Dois parentes de cada um dos cinco réus acusados pela morte e desaparecimento de Eliza Samudio, entre eles o goleiro Bruno Fernandes, poderão acompanhar o júri popular, que terá início no dia 19 de novembro, no Fórum de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A decisão da juíza Marixa Fabiane, tomada a partir de pedido da defesa da ex-namorada do goleiro, Fernanda Gomes de Castro, deverá ser publicada nesta quarta-feira (7) no Diário do Judiciário Eletrônico. Conforme a magistrada, para assistir ao julgamento, os parentes deverão fazer um cadastro prévio na secretaria do Tribunal do Júri de Contagem.

O despacho da juíza Marixa Fabiane também atendeu a outra solicitação dos advogados de Fernanda Castro para que mídias externas ao processo, como reportagens e trechos de programas de televisão, pudessem ser exibidas durante o julgamento. Os defensores de cada acusado terão uma hora para apresentar estes materiais. Já ao Ministério Público Estadual (MPE) serão destinadas cinco horas. Na decisão, a juíza explica que o tempo reservado ao órgão é superior, buscando-se manter o “princípio de isonomia”, uma vez que a promotoria fará acusação contra cinco réus.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.