quinta-feira, 4 de Agosto de 2011 09:52h Natalia Santos

Dos R$ 2 mil apreendidos apenas R$ 200 eram cédulas falsas

Depois da apreensão de quase dois mil reais supostamente falsos o laudo contatou que apenas R$ 200 da quantia eram verdadeiramente de cédulas falsificadas. A Polícia Federal de Divinópolis continua investigando o caso em busca da origem das notas que estão sendo repassadas no comércio local.



A equipe Giro do 23º Batalhão da Polícia Militar apreendeu na tarde da última sexta-feira, 30 de junho, a quantia de R$ 2.050,00 em notas aparentemente falsificadas. O fato ocorreu durante batida policial na rua Sergipe com Piauí, no bairro Vila Belo Horizonte. Dois dias antes da apreensão a polícia de São Gonçalo do Pará também apreendeu dois menores repassando cédulas falsas em um estabelecimento na cidade. De acordo com o delegado federal Cristiano Lessa Ladeira, que comanda as investigações, diferente do que foi divulgado, o valor do dinheiro falsificado é pequeno, mas não deixa de ser ponto de partida para iniciar o inquérito. Ele relatou ainda que o menor P.H.M. preso na sexta-feira, é um dois menores autuados em São Gonçalo.

“Estamos trabalhando o caso do menor isoladamente, uma vez que ele foi pego duas vezes aplicando o golpe. Ele não fala nada, mas estamos em busca da origem destas notas”, afirmou. Cristiano destacou ainda que vão intensificar as investigações, no entanto não há mais informação.

 

Entenda

 

Na última sexta-feira, durante atividades rotineiras policiais militares do Grupo de Intervenções Rápida Ostensivo (GIRO), suspeitaram de dois indivíduos em uma motocicleta Honda CG 125 FAN, conduzida pelo menor infrator P.H.M., 17 anos. O indivíduo estava com o passageiro I.C.B.R., 18 anos, ao visualizarem a presença da PM a dupla tentou fugir mas foi de imediato contida e abordada. Durante busca pessoal foi localizado dentro da cueca do menor infrator duas cédulas de R$50,00. Ele relatou que as referidas cédulas eram falsas e que iria repassá-las no comércio. Em seguida os militares se deslocaram até a residência dos suspeitos. “Na residência do suspeito I.C.B.R., no bairro Campina Verde, foi localizado num guarda roupa a quantia de R$1.950,00 em cédulas de R$ 100, R$ 50, R$ 20 e R$ 10 . Na casa do menor não foi encontrada nenhum nota suspeita”, relatou Fonseca.

 

Este foi o terceiro registro de apreensão de notas falsificadas dentro de uma semana na região. Em São Gonçalo do Pará, dois menores foram apreendidos suspeitos de passarem notas falsas no comércio da cidade. Durante a abordagem, a polícia ainda encontrou com eles oito cédulas falsas de R$50. Outros dois integrantes da quadrilha já foram identificados e estão sendo procurados. D.J.J., de 17 anos, e P.H.M.. Segundo a PM da cidade, os comerciantes notaram as diferenças das notas e acionaram a polícia.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.