segunda-feira, 6 de Junho de 2011 10:37h Marciel Muniz

Doze pessoas estão desaparecidas oficialmente em Divinópolis

Número de pessoas desaparecidas aumenta em Minas Gerais

O número de pessoas desaparecidas em Minas Gerais em 2010 foi 50% maior que o registrado em 2009, segundo dados da Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida, foram registrados 1.622 desaparecimentos em 2009 e em 2010 esse número foi  de 2.455 pessoas.Segundo os dados, 92% dessas pessoas são encontradas. Aproximadamente mil pessoas desaparecem todos os anos em Minas Gerais.

 

 

O delegado de Polícia Civil Marcelo Nunes ressaltou a importância do acompanhamento da família para com seus integrantes. “Para comunicar o desaparecimento de uma pessoa às autoridades não existe tempo de espera específico, porém as pessoas devem ser prudentes ao contatar a polícia para denunciar um desaparecimento, para que o serviço de busca não seja em vão, congestionado o sistema e gastando um tempo desnecessário.

 

O delegado destacou o caso de uma mãe que tem três filhos usuários de drogas e toda vez que um dos filhos desaparecem no prazo de um dia, a mãe procura a polícia para registrar o desaparecimento. Este é um caso de tratamento dos usuários que não desaparecem. Esse tipo de problema congestiona o sistema e atrapalha as investigações da polícia.


De acordo com informações da Polícia Civil, cerca de três denúncias são feitas à delegacia semanalmente, mas a maioria delas consta de sumiços repentinos, nos quais a pessoa retorna em cerca de três ou quatro horas, no máximo.Outro fato ressaltado é que muitas vezes quando as pessoas procuradas são encontradas não é emitido pela sua família um comunicado a polícia, o que faz com que a pessoa encontrada continue como desaparecida no sistema policial. Os dados também revelam que a maioria das denúncias de desaparecimento, cerca de oitenta por cento envolvem famílias que possuem em seu histórico integrantes usuários de drogas ou viciados em bebida alcoólica.Através de uma estatística apresentada pela Polícia Civil em Divinópolis atualmente estão registradas oficialmente 12 ocorrências de pessoas desaparecidas. 

 

 

Desaparecido

 

O senhor Joaquim Lopes de Paula, de 37 anos está desaparecido desde o dia 09 de março de 2011. Joaquim foi visto pela última vez em uma estrada de terra nas imediações da MG-050. Quando desapareceu Joaquim estava usando uma camisa social de cor clara, bermuda jeans boné e chinelo.

 

 

De acordo com a filha, o pai desaparecido apresenta em seu estado clínico, crises de amnésia, sequela decorrente de um acidente sofrido a alguns anos.Sua família está a sua procura e já espalhou sua foto por várias cidades. A sua filha Neila Alves Lopes em entrevista a Gazeta destacou que a família ainda tem esperanças de reencontrar o ente desaparecido, e que passa por um momento muito difícil e delicado. “Toda a família esta empenhada pela procura dele, a gente até foi atrás de pistas sobre o seu paradeiro  com um andarilho que afirmou ter visto meu pai e que até chegou a conversar com ele, infelizmente não conseguimos rasteá-lo por esta pista, e depois não conseguimos mais nada” destacou Neila
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.