sexta-feira, 18 de Novembro de 2011 19:16h Atualizado em 19 de Novembro de 2011 às 08:04h. Paulo Reis

Duas mulheres são assassinadas à tiros em Lagoa da Prata

Polícia Militar recebeu ligação de uma terceira vítima que estava em outra rua da cidade

Duas mulheres, uma de 37 e outra de 29 anos foram brutalmente assassinadas à tiros na noite da última quinta-feira (17) no bairro Marília, na cidade de Lagoa da Prata.


Os militares chegaram ao lugar por volta das 23h35, logo após receberem diversas denúncias que relatavam um duplo homicídio.No local os oficiais encontraram as duas mulheres já sem vida e caídas no terreiro da residência.


Uma delas, Marcele Daniela Moura, residia na rua Augusto Lara, no bairro São Vicente, em Arcos, era  mãe de dois filhos e foi encontrada com duas perfurações na cabeça.


Durante esta ocorrência os militares receberam uma informação por meio do rádio-operador que uma terceira vítima estaria baleada na rua Antenor Chagas de Oliveira, esquina com rua Cecílio Bernardes. A polícia se dirigiu para as ruas descritas e encontrou uma terceira mulher ferida por tiro, que também possui registro policial.


A terceira ferida foi levada até o pronto socorro e de imediato, transferida em estado grave para a capital Belo Horizonte. Ainda estiveram no local dos crimes o comandante do Quartel de Lagoa da Prata, militares da sede do 7º Batalhão, além da Delegada de Polícia Civil.
Algumas informações foram colhidas e um rastreamento foi feito próximo ao bairro, porém os levantamentos foram prejudicados pela falta de informações acerca dos infratores.


Segundo informações da vítima que sobreviveu, a mesma estava junto com as outras duas vítimas na residência onde ocorreu o homicídio, momento em que chegaram dois rapazes magros, altos e morenos, entraram na casa efetuando disparos contra as vítimas e evadiram em seguida. A perícia técnica foi acionada e após realizar os trabalhos de praxe liberou os corpos das vitimas para a funerária que foram levados para Bom Despacho, onde foram realizados exames de necropsia.


O perito constatou na vítima de 37 anos, uma perfuração proveniente de arma de fogo na região da cabeça, e na vítima não fatal, uma perfuração também na cabeça.


O corpo da vítima Marcele Daniela de 29 anos foi conduzido para Arcos, onde foi velado e sepultado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.