sábado, 21 de Novembro de 2015 03:46h Atualizado em 23 de Novembro de 2015 às 08:41h.

Duas pessoas são baleadas durantes assaltos em Divinópolis

Os crimes foram no bairro Casa Nova e Porto Velho. Nenhum das vítimas corre risco de morrer e nenhum suspeito foi localizado

A noite de quinta-feira e a madrugada de ontem foi violenta em Divinópolis. Em dois assaltos, bandidos atiraram contra as vítimas e fugiram levando pertences. Um dos crimes foi em uma boate e o outro em um supermercado.
O primeiro crime foi registrado por volta das 20h, no bairro Casa Nova. De acordo com a Polícia Militar, o dono do supermercado, de 38 anos, contou que foi abordado por dois criminosos, que chegaram ao local e atiraram contra um cliente, de 53 anos, e anunciaram o assalto. Um dos criminosos ainda deu uma coronhada na cabeça do comerciante.
A dupla fugiu a pé, entrando em uma mata entre o bairro e a MG-050, levando R$200 em dinheiro e, até o fechamento desta edição, não foi localizada. A vítima baleada foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com ferimento no ombro. Ela permaneceu em observação e não corre risco de morrer.
O outro assalto ocorreu em uma boate na Avenida Gabriel Passos, no bairro Porto Velho. De acordo com a Polícia Militar, dois bandidos entraram no local e anunciaram o assalto. A dupla rendeu o proprietário, de 65 anos, e o agrediu com uma coronhada na cabeça. Os criminosos roubaram dinheiro do caixa e de um cliente, de 45 anos.
Antes de fugirem, de acordo com testemunhas, um dos criminosos disse ao outro: “mata, mata”, e o outro atirou contra o proprietário do estabelecimento. A vítima foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, posteriormente, transferida para o Hospital São João de Deus para realizar uma cirurgia. O projétil entrou pelo ombro e ficou alojado no peito da vítima, que tem o quadro clínico estável. Os criminosos não foram localizados.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.