terça-feira, 28 de Junho de 2016 14:45h Polícia Civil de Minas Gerais

Dupla de estelionatários que se passava por policiais civis é presa em Pará de Minas

A Polícia Civil, em Pará de Minas, cumpriu os mandados de prisão preventiva de Fernando Carlos Fonseca e Valércia Aparecida Martins

A dupla é suspeita de praticar estelionato e formarem associação criminosa por aplicaram golpes em diversas vítimas na cidade de Pará de Minas e região.

 

De acordo com as investigações, Fernando se identificava como “Ricardo, investigador da Polícia Civil de Pará de Minas” ou como “Ricardo detetive" e oferecia produtos relacionados ao objeto empresarial de cada vítima, oferecendo bens para serem adquiridos pelas mesmas e solicitando pagamento do valor por meio de depósito em casa lotérica. Os crimes foram praticados em coautoria com Valércia, que, em certos casos, figurava como a outra voz que aparecia de fundo para dar aspectos de legitimidade ao diálogo, se passando por delegada.

 

Outras informações sobre o caso serão fornecidas à imprensa na manhã desta terça-feira (28), pelos delegados Carlos Henrique Bueno e César Augusto Freitas.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.