sexta-feira, 13 de Novembro de 2015 09:20h Atualizado em 13 de Novembro de 2015 às 09:25h. Pollyanna Martins

Dupla faz arrastão em Posto de Saúde

Dois indivíduos invadiram o Posto de Saúde do bairro São José na manhã de ontem e fizeram cinco vítimas, que estavam na fila da farmácia do local

Eles fugiram na motocicleta de uma das vítimas e ainda não foram localizados.
De acordo com a Polícia Militar, a dupla chegou à unidade de saúde por volta das 8h30 e, armados, roubaram bolsas, cerca de R$200 em dinheiro, celulares e fugiram em uma motocicleta de um dos pacientes que estava no local.
Assustados, os funcionários não quiseram gravar entrevista. Uma mulher, de 43 anos, que pediu para não ser identificada, estava no posto e contou à nossa reportagem que os bandidos agiram muito rápido e com violência. “Eles chegaram a pé e gritando com todo mundo, apontando a arma. Pegaram o capacete do moço que estava na fila e um deles colocou na cabeça. Eles saíram pegando tudo. Foi horrível, a gente não tem segurança em lugar nenhum”.
A mulher contou que correu para o andar de cima e, por isso, não teve os pertences roubados. “Quem conseguiu, saiu correndo e gritando. A gente se trancou nas salas e ficamos lá para nos proteger”, revela.
Ainda de acordo com as vítimas, nem as crianças foram poupadas. Elas contam que os bandidos tentaram roubar o tablet de uma criança portadora de necessidades especiais e ainda quase agrediram a mãe da criança.
O Serviço de Inteligência da Polícia Militar está no caso, em rastreamento, mas até o fechamento desta edição, nenhum suspeito foi localizado.

 

 

Prefeitura
A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura para saber se eles iriam se manifestar sobre o ocorrido. Em nota, a assessoria informou que no momento do assalto, cerca de 60 usuários estavam no local e a maioria eram mulheres idosas. A unidade funciona normalmente.

 

Créditos: Pollyanna Martins

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.