sexta-feira, 4 de Setembro de 2015 09:50h Atualizado em 4 de Setembro de 2015 às 10:01h.

Em meia hora, duas pessoas são assassinadas em Divinópolis

O fim da noite de quarta-feira e início da madrugada de ontem foi violento na cidade. Duas pessoas foram assassinadas a tiros

O primeiro crime foi por volta das 23h45, no bairro Porto Velho e o segundo, às 0h10, na Vila Cruzeiro. As duas vítimas tinham passagens pela Polícia.
De acordo com informações da Polícia Militar, Flávio Antônio Felipe, de 24 anos, estava caminhando na Rua Joaquim Nabuco, no bairro Porto Velho, no final da noite de quarta-feira, quando foi surpreendido por dois indivíduos em uma motocicleta que atiraram.
Testemunhas que estavam em uma lanchonete, disseram que, ao ouvir os estampidos, chegaram na porta, mas só viram os indivíduos em fuga. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a vítima já estava sem os sinais vitais.
O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). A vítima possuía diversas passagens por uso de drogas, infração de trânsito, ameaça e desacato. Este crime pode estar relacionado com outro ocorrido, na primeira quinzena de agosto deste ano, quando cinco pessoas foram baleadas dentro de um carro ao voltarem de um “batidão”.
As vítimas pediram socorro no posto da Polícia Militar Rodoviária (PMR). Quatro receberam atendimento, um deles, um adolescente, veio a óbito. O quinto indivíduo fugiu antes do socorro e posteriormente foi identificado como Flávio.

Calibre 12
Menos de meia hora depois, outro homicídio foi registrado na cidade. Desta vez foi na Vila Cruzeiro. De acordo com a Polícia Militar, uma mulher, de 39 anos, contou que estava deitada em um colchão com André Bernardes, de 31 anos, quando ouviu um barulho forte.
A casa, de apenas um cômodo, não possui iluminação elétrica, e a testemunha disse que tentou acordar a vítima, mas ela não respondeu. Ela saiu da casa e acionou a Polícia Militar. No local, os militares encontraram o homem, com um tiro na cabeça, de uma arma calibre 12, já sem os sinais vitais.
Ainda de acordo com a testemunha, os dois fizeram uso de bebida alcoólica e não sabia passar mais informações. Vizinhos contaram que logo após o único disparo, ouviram um barulho de motocicleta deixar o local. Nenhum suspeito foi localizado.
A vítima, de acordo com a Polícia Militar, possui passagens por dano, ameaça, furto e roubo.

 

Créditos: Divulgação WhatsApp

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.