sexta-feira, 19 de Junho de 2015 10:36h

Enquanto bandidos assaltavam lotérica, dupla tentava matar inimigo no bairro Bela Vista

A tentativa de homicídio foi próxima a Lotérica, de onde outros bandidos levaram cerca de R$ 3 mil no assalto.

Uma casa lotérica foi assaltada no bairro Bela Vista, em Cláudio. Enquanto bandidos pegavam dinheiro, outra ocorrência de violência foi registrada. Próximo ao estabelecimento, uma dupla em uma motocicleta atirou conta um “desafeto”. Um dos tiros chegou a acertar uma banca de revista.
De acordo com a Polícia Militar (PM), na manhã de ontem, dois indivíduos, possivelmente adolescentes, chegaram na lotérica, um deles armado com uma pistola, e anunciaram um assalto.
A dupla roubou o dinheiro dos caixas, cerca de R$ 3 mil e fugiram a pé. Um terceiro comparsa aguardava próximo à lotérica, com uma bicicleta. O suspeito, que estava com o dinheiro, pegou a arma e subiu na garupa da bicicleta para continuar a fuga.
Uma pessoa, que não foi identificada, e que passava pelo local de motocicleta no momento da fuga, jogou o veículo para cima dos suspeitos, que caíram, abandonaram a bicicleta e continuaram a fuga pulando os muros de várias casas.
Os suspeitos foram reconhecidos pelos policiais militares através das imagens do circuito interno da casa lotérica. Eles são adolescentes e já tem diversas passagens, mas ainda não foram localizados.

Tentativa de homicídio
Logo após a fuga dos autores da casa lotérica, ainda antes da chegada da PM no local, ocorreu uma tentativa de homicídio bem próximo ao estabelecimento. Segundo informações, dois homens em uma motocicleta perseguiam e efetuavam disparos de arma de fogo contra um carro na Avenida Araguaia, uma via de grande movimento. Um dos tiros atingiu uma banca de revistas, ao lado da casa lotérica que havia sido assaltada.
Policiais militares foram até a casa de um adolescente, que possui uma motocicleta com as mesmas características da que foi usada na tentativa de homicídio e, chegando ao local, encontraram o adolescente se preparando para guardar a moto. Ao ver a viatura, ele fugiu em alta velocidade. Houve perseguição, mas em dado momento os policiais militares perderam o contato visual.
O alvo dos disparos também não foi encontrado. Trata-se também de uma pessoa envolvida no mundo do crime. Não houve informação se algum disparo atingiu a vítima. Foram encontrados e apreendidos, estojos e projeteis de munição 9 mm. Esse tipo de arma é de uso exclusivo das Forças Armadas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.