quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2016 08:59h Atualizado em 18 de Fevereiro de 2016 às 09:07h. Carina Lelles

Família encontra motocicleta e pertences de homem desaparecido

Marlon Maciel de Sousa, de 27 anos, está desaparecido desde a quinta-feira da semana passada. Familiares encontraram a motocicleta dele em uma mata, juntamente outros pertences e um tufo de cabelo

No início da tarde de ontem, a Polícia Militar e a Polícia Civil estiveram às margens da estrada do Complexo da Ferradura, em Divinópolis, onde familiares de Marlon localizaram, na noite de terça-feira, a motocicleta, tênis, ferramentas, uma camisa e tufos de cabelo pertencentes a ele. Na mesma noite, a Polícia Militar removeu a motocicleta e levou para o pátio credenciado ao Detran. Ontem, a Polícia Civil esteve no local para avaliar os pertences encontrados.

 


De acordo com a irmã de Marlon, Silviane de Sousa, o irmão saiu de casa na quinta-feira (11) por volta do meio dia, dizendo que iria até o bairro Bom Pastor e não deu mais notícias. “De sexta para sábado uma pessoa me ligou, dizendo que a motocicleta dele estava na estrada da Ferradura. Quando chegamos ao local, não encontramos a motocicleta. No final da tarde de terça-feira, encontramos a motocicleta, juntamente com os pertences dele. Próximo ao local onde encontramos os pertences havia mancha de sangue com bichos e um tufo de cabelo dele”.

 


Silviane desconfia do que possa ter acontecido com o irmão. “Ele iria fazer aniversário no próximo domingo. Eu acho que ele está morto. Na outra vez que ele foi à granja, os vigias deram tiros para cima e a gente acha que agora eles mataram ele. A família toda está procurando. Já olhamos por toda a região próximo de onde as coisas dele foram encontradas, mas até agora nada. Ele saiu da penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas, no dia 29 de janeiro e não devia mais nada à justiça. Ele não estava recebendo ameaças”, finalizou.
O caso agora será investigado pela Polícia Civil. Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro de Marlon, pode ligar para o 190 ou 181.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.