terça-feira, 30 de Agosto de 2016 15:38h Carina Lelles

Festas terminam em morte em Formiga e Estrela do Indaiá

As vítimas estavam em festas nestas cidades, quando se envolveram em uma briga, que acabou em facadas

POR CARINA LELLES

carina.lelles@gazetaoeste.com.br

 

Duas pessoas morreram após serem golpeadas com faca enquanto curtiam festas. Uma pessoa foi presa, suspeita de matar um homem, de 38 anos, em Estrela do Indaiá, e a Polícia procura pelo suspeito de matar um jovem, de 25 anos, em Formiga. Homicídios também foram registrados em Pompéu e Araújos no fim de semana.

Na madrugada de domingo, segundo a Polícia Militar, testemunhas contaram que um jovem, de 25 anos, estava em uma festa no Distrito de Ponte Vila, zona rural de Formiga, quando alguns homens entraram na festa sem autorização.

O jovem questionou a presença dos homens, houve discussão e agressão, momento em que um dos “penetras” desferiu um golpe de faca no tórax da vítima. Um bombeiro militar que estava no local tentou separar a briga e também foi golpeado na mão. O jovem e o bombeiro foram levados para o Hospital de Formiga. O jovem não resistiu aos ferimentos e o bombeiro foi medicado e liberado.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o suspeito de golpear as vítimas foi identificado, mas ainda não foi localizado.

 

ESTRELA DO INDAIÁ

 

Em Estrela do Indaiá, Edgar Jose Alves, de 38 anos, morreu após ser golpeado com uma faca no abdômen. De acordo com a Polícia Militar, testemunhas contaram que estavam em uma festa, quando Douglas Filipe do Nascimento Ferreira, de 27 anos, mexeu com a esposa da vítima.

Houve discussão e a vítima desferiu um tapa na cara do suspeito, que saiu do local dizendo que “isso não vai ficar assim”. O suspeito voltou e desferiu a facada na vítima, que morreu no local. Foi feito rastreamento e o suspeito foi localizado.

Douglas, que já possui passagens por furto e homicídio, confessou o crime e os militares localizaram a arma utilizada. Ele foi preso e levado para a Delegacia

 

POMPÉU

 

Na madrugada de domingo, um jovem, de 19 anos, foi morto com um tiro na cabeça no bairro Várzea das Flores, em Pompéu. De acordo com a Polícia Militar, a mãe da vítima contou que o jovem saiu de casa e disse que ia até a esquina.

Logo em seguida, ela ouviu um barulho de freada e um disparo de arma de fogo. Ao chegar ao portão, encontrou o filho ferido. Populares socorreram o jovem até o hospital da cidade, mas ele não resistiu aos ferimentos. Não há suspeitos do crime.

 

ARAÚJOS

 

Na tarde de domingo, a Polícia Militar foi acionada por um morador da Rua Juiz de Fora, no bairro Dom Cabral, em Araújos, que contou que um carro bateu no muro da sua casa e, ao verificar, viu uma pessoa ferida dentro do veículo.

No local, os militares encontraram a vítima, que não teve a idade revelada, com marcas de tiros e já sem vida. A perícia foi acionada e constatou duas perfurações no dorso, duas no tórax e uma na cabeça.

A vítima possuía passagens por tráfico, homicídio tentado, lesão corporal, direção perigosa, homicídio tentado contra militares e ameaças, furtos, resistência e dano. O veículo que ela estava foi apreendido e encaminhado para o pátio credenciado ao Detran. Nenhum suspeito foi preso.

 

LUZ

 

Em Luz, um homem, de 53 anos, levou onze pontos no supercílio após ser agredido com um machado. O suspeito, de 36 anos, que é cunhado da vítima, foi preso e contou que eles se desentenderam por causa de uma dívida de R$ 500.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.