quinta-feira, 15 de Janeiro de 2015 09:14h Atualizado em 15 de Janeiro de 2015 às 09:31h.

Filho do vice-prefeito de Itaúna é preso por suspeita de participação em homicídio

Na noite desta terça-feira, um homem de 27 anos foi baleado no bairro Morada Nova em Itaúna

Ele chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante a madrugada de ontem. No fim da manhã, o filho do vice-prefeito da cidade foi preso, suspeito de envolvimento no crime.
Na noite desta terça-feira, a Polícia Militar de Itaúna compareceu no bairro Morada Nova, onde moradores denunciaram que ouviram barulhos de tiros e que um Corolla prata havia saído em alta velocidade. No local os policiais não encontraram nada, mas minutos depois Lucas Carvalho Oliveira, de 27 anos, deu entrada no Hospital Manoel Gonçalves de Souza Moreira, onde foi constatada uma perfuração no tórax que atingiu o pulmão, ficando a bala alojada atrás do coração.
Uma testemunha disse aos policiais que dirigia um caminhão pela Rua Carlos José de Abreu Diniz, no bairro Morada Nova, quando a vítima, apresentando ferimentos, pulou na frente do veículo pedindo socorro. Ele socorreu a vítima e a levou até próximo do Hospital Dr. Ovídio, onde acionou o Samu que levou a vítima para o outro hospital, onde não resistiu e morreu.
Em rastreamento, os policiais localizaram o Corolla estacionado em uma rua do bairro Cidade Nova, sem ocupantes. O veículo foi removido para um pátio credenciado ao Detran. Em consulta ao sistema informatizado, foi constatado que o carro pertence a João Paulo Miranda, de 19 anos, filho de Antônio de Miranda, vice-prefeito de Itaúna. Além dele, mais quatro pessoas são suspeitas de ter envolvimento no crime.
O jovem foi detido em seu apartamento que fica próximo à Avenida Jove Soares, após investigações da Polícia. A namorada de João, Daiana Silva Santos, após saber da presença das autoridades na residência, deixou sua bolsa em um estabelecimento e os policiais, ao tomar conhecimento disto, foi até o local e encontrou seis pedras de crack dentro da bolsa dela. O casal e outros dois suspeitos foram levados para a delegacia para prestar esclarecimentos.
Segundo informações preliminares, o crime teria ocorrido por motivo passional. João Paulo e os outros três envolvidos teriam recebido ordem de um traficante para matar Lucas porque a vítima teria se envolvido com a companheira do mandante do crime.

 

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.