quinta-feira, 19 de Julho de 2012 14:23h Camila Caetano

Filho é suspeito de matar a própria mãe em Divinópolis

Somente nesse ano já somam 27 assassinatos na cidade, sendo que este até o momento não apresenta ligação direta com o tráfico de drogas. Acredita-se que Maria das Graças Ferreira, 60 anos, tenha sido assassinada pelo próprio filho

Outro homicídio ocorreu em Divinópolis, no fim da tarde dessa terça-feira, 17 de julho. Somente nesse ano já somam 27 assassinatos na cidade, sendo que este até o momento não apresenta ligação direta com o tráfico de drogas. Acredita-se que Maria das Graças Ferreira, 60 anos, tenha sido assassinada pelo próprio filho, Adriano Ferreira de Melo, 36 anos.

 


O crime aconteceu na Avenida dos Ciprestes, no bairro Jardim das Acácias. A vizinha que encontrou o corpo da vítima com diversas lesões e sangramentos conta que ao entrar na residência o filho não demonstrou preocupação com o estado da mãe. De acordo com a Polícia Militar, Adriano também apresentava diversos ferimentos ao redor dos olhos e na cabeça e se encontrava no banheiro da residência, deitado no chão em meio a vários medicamentos espalhados.

 

A vítima estava mais machucada na região da face, assim, a hipótese é que Maria das Graças foi golpeada na boca, por algum instrumento pontiagudo, além disso, de acordo com a perícia técnica havia ferimentos na cabeça e sinais de violência no corpo. Segundo informações a mulher era alcoólatra e o filho usuário de drogas, além de viverem de forma desumana, sem abastecimento de água e luz. Na casa ainda havia diversas panelas com alimentação já estragada e roupas sujas espalhadas. Uma das vizinhas que mora no local há um ano relatou que já viu o filho discutindo diversas vezes com a mãe, além de perceber que a casa era muito movimentada, entretanto, ela não sabe qual o tipo de envolvimento dos moradores com as pessoas que frequentavam a residência.

 

O corpo de Maria das Graças foi conduzido ao Instituto Médico Legal, e o suspeito conduzido ao Posto de Saúde de Divinópolis, onde permanece em estado de observação, com traumatismo leve, estando sob escolta policial.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.