terça-feira, 29 de Setembro de 2015 10:14h Atualizado em 29 de Setembro de 2015 às 10:15h. Carina Lelles

Fim de semana violento no Terra Azul

Um homem foi morto a tiros e outras três pessoas foram baleadas no bairro. Os crimes podem estar relacionados

O fim de semana no bairro Terra Azul foi marcado pela violência. Um homem foi morto a tiros na sexta-feira e outras três pessoas foram baleadas no sábado. Os crimes podem estar relacionados e uma pessoa foi presa.
De acordo com a Polícia Militar, na noite de sexta-feira, Halisson Bruno de Jesus Souza Resende, de 27 anos, foi morto a tiros, próximo ao local onde morava. Segundo testemunhas, a vítima teve a casa arrombada e vários objetos roubados.
Halisson localizou dois suspeitos do roubo, Manoel Esteves Ottoni Junior, de 22 anos, e Douglas Kaique Pereira dos Santos, de 18 anos, e foi tirar satisfações. Enquanto estava na porta da casa deles, dois carros chegaram ao local e cerca de 10 indivíduos desceram dos veículos e passaram a agredir a vítima. Um dos suspeitos atirou várias vezes e três disparos acertaram a vítima, que chegou a ser socorrida e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Alex Junio Bernardo da Silva, de 24 anos, também foi identificado como um dos suspeitos do roubo. Na casa dele, os militares encontraram um amplificador e um alto falante, objetos reconhecidos pelo irmão da vítima.
A única pessoa presa foi Adão Natalino Guimarães Moura, de 32 anos. Ele foi apontado pelas testemunhas como um dos suspeitos da agressão. Já o suspeito de ter atirado, ainda continua foragido.

 

Tentativa
No dia seguinte, houve tentativa de homicídio no bairro. De acordo com informações, indivíduos em um Pálio Weekend perseguiam e atiravam contra outras pessoas que estavam em um Vectra.
Em certo momento da perseguição, o condutor do Vectra parou o carro e um passageiro desceu do veículo e entrou em uma casa, onde estava ocorrendo um Chá de Bebê. Os ocupantes do outro veículo continuaram atirando e acertaram três tiros no passageiro. Duas mulheres que estavam na casa foram atingidas de raspão.
As vítimas foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A reportagem entrou em contato com a Polícia Militar para saber se algum dos veículos ou os outros ocupantes foram identificados e localizados e também sobre a idade das vítimas, mas até o fechamento desta edição, não obtivemos resposta.
Ainda de acordo com informações, os crimes podem estar relacionados, já que o dono do Vectra é o suspeito de matar Halisson.
Morador de rua
Na noite de sábado, foi encontrado, debaixo do viaduto da Castro Alves, em Divinópolis, o corpo de Roberto Donizete Mendonça, de 59 anos. De acordo com a Polícia Militar, a perícia foi acionada e constatou que a vítima foi morta por estrangulamento e possuía ferimentos no nariz e na boca.
Ainda de acordo com a Polícia Militar, a vítima era moradora de rua e usuária de drogas. Nenhum suspeito foi localizado.

 

Créditos: Reprodução TV Alterosa

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.