terça-feira, 3 de Setembro de 2013 05:57h Luiz Felipe Enes

Focos de incêndio podem ser criminosos

Um dos principais alvos têm sido indústrias que utilizam produtos inflamáveis na queima

Incêndios em siderúrgicas têm deixado trabalhadores e moradores preocupados. No último fim de semana, uma empresa localizada no bairro Icaraí em Divinópolis pegou fogo.
No local onde foi registrado o incêndio, existia uma mina de carvão, mais precisamente em uma região própria para armazenar o produto inflamável. O motivo pelo qual o fogo se alastra podem estar ligadas a incêndios criminosos.

 


Outra questão que já demanda atenção é referente a inspeção pelos órgãos de segurança pública no local. O número de focos de incêndio cresceu nos últimos dias. No fim da semana passada, uma empresa metalúrgica situada no bairro Porto Velho apresentou focos de incêndio, mas foi combatido pelos brigadistas da empresa.

 


Na quarta-feira, 21 de agosto, uma outra siderúrgica situada às margens da BR-494, sentido a Nova Serrana foi alvo das chamas. Em um depósito onde fica armazenado o carvão, principal item utilizado na combustão logrou em um incêndio com duração de mais de 20h, sendo controladas somente após intervenção do Corpo de Bombeiros.


Caso algum incêndio seja de origem criminosa, é importante acionar a Polícia Militar, pois em devidas circunstancias pode ser considerado crime ambiental. Ou também, acionando o Corpo de Bombeiros, mediante 193.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.