terça-feira, 4 de Agosto de 2015 11:03h

Foragido de presídio é baleado no Padre Eustáquio

Outras três tentativas de homicídio foram registradas em cidades da região. Em uma delas, um jovem, em prisão domiciliar, foi esfaqueado

Um jovem, de 24 anos, foi baleado na noite deste domingo no bairro Padre Eustáquio em Divinópolis. Um suspeito foi identificado e a vítima, que não corre risco de morte, é foragida da penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas.
De acordo com a Polícia Militar, Fernando Lorran Fernandes estava na companhia da mãe em um bar, quando entrou um indivíduo e disparou diversas vezes contra a vítima, que foi alvejada por três disparos de arma de fogo que atingiram o rosto, o joelho e um de raspão no tórax.
Ainda de acordo com a Polícia Militar, o autor dos disparos já foi identificado, mas até o fechamento desta edição ele não havia sido localizado. A vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e depois transferida para o Hospital São João de Deus e não corre o risco de morrer.
Em consulta ao sistema informatizado, foi constatado que a vítima é foragida da penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas, desde março deste ano, onde cumpria pena por homicídio. Ele permanece internado sob escolta policial e assim que receber alta deve voltar para a Penitenciária.

 

Perdigão
Em Perdigão, um jovem, de 19 anos, que está cumprindo prisão domiciliar, foi esfaqueado durante uma festa de Reinado na Praça Geraldo Caetano Brandão, no Centro da cidade. De acordo com a Polícia Militar, a vítima contou que foi surpreendida por um indivíduo que o esfaqueou pelas costas.
As facadas perfuraram a axila, o tórax e o braço da vítima, que foi socorrida por populares e levada até o Pronto Atendimento Municipal, onde foi medicado e não corre o risco de morrer. A vítima disse que o suspeito é cearense, mas não informou mais detalhes sobre o autor das facadas.
Ainda de acordo com a Polícia Militar, o jovem está cumprindo pena no regime de prisão domiciliar, portanto não poderia estar presente no evento. O suspeito não foi localizado.

 

São Gonçalo do Pará
Uma idosa, de 66 anos, está internada no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte após o ex-genro dela, Laércio da Silva Sinfrônio, de 29 anos, atear fogo na casa dela.
De acordo com a Polícia Militar, a filha da vítima, de 33 anos, disse que teve uma discussão com o ex-marido e que após a briga, ela deixou o local. O suspeito foi até a casa da ex-sogra na Rua Padre Sebastião Gontijo, bairro São Francisco, e ateou fogo na residência com a idosa dentro do imóvel.
A mulher foi socorrida por uma testemunha e levada para a Unidade de Saúde, com sintomas de intoxicação por inalação de fumaça e queimaduras pelo corpo. Logo após os primeiros socorros, a vítima foi transferida para o Hospital João XXIII.
O incêndio foi controlado por populares e o suspeito foi localizado, preso e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil de Pará de Minas.

 

Leandro Ferreira
Em Leandro Ferreira, uma briga terminou com um adolescente, de 16 anos, esfaqueado. De acordo com a Polícia Militar, uma festa acontecia no povoado de Moinhos, na zona rural da Cidade, quando uma turma se desentendeu com outra durante uma competição de qual seria o som automotivo com mais potência.
Um dos indivíduos teria apedrejado um amigo da vítima, que foi reclamar da conduta do suspeito que desferiu uma facada no tórax do adolescente. Ele foi socorrido por populares até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Serrana onde foi medicado e não corre risco de morte.

 

Martinho Campos
Em Martinho Campos, um jovem, de 19 anos, disse a Polícia Militar que foi chamado por um indivíduo para embaçar drogas em uma fazenda abandonada no bairro Lagoa dos Buritis. No local, chegou um homem, de 41 anos, atirando, mas não acertou o jovem.
Ainda de acordo com a vítima, o suspeito teria atirado por causa de uma dívida de R$ 2 mil referente ao tráfico de drogas. Ninguém foi preso.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.