terça-feira, 2 de Abril de 2013 05:09h Erik Ullysses

Fusca é atingido por vagão em um trilho no bairro Niterói após motor “apagar”

Veículo foi atingido por um vagão da FCA durante a noite de domingo (31). Também no domingo uma mulher de 46 anos também foi atropelada por um trem e teve o braço amputado

Durante a noite de domingo (31) um Fusca foi atingido por um trem na linha férrea que cruza o bairro Niterói. O fato ocorreu quando o motor do veículo apagou no momento em que este atravessava o trilho. O carro chegou a ser arrastado nos trilhos por cerca de dois metros, mas a família que estava no interior do veículo não ficou ferida.
De acordo com a Polícia militar, o fato teria ocorrido por volta de 20 horas, na rua Mateus Leme. O condutor, F.A.S, de 34 anos, teria dito que conduzia o seu veículo pela rua e quando se aproximou da passagem de nível que dá acesso à rua Francisco carvalho, o motor do fusca apagou. A vítima contou ainda que tentou arrancar com o carro quando percebeu que a locomotiva pertencente à Ferrovia Centro Atlântica (FCA) se aproximava, contudo ele não conseguiu e o carro foi atingido.
O maquinista relatou para os militares que avistou o fusca parado sobre os trilhos e acionou a buzina para que o condutor retirasse o carro, mas este não o fez. Logo em seguida ele acionou os freios da locomotiva, mas não conseguiu parar o veículo. O motorista do Fusca e uma passageira foram encaminhados ao Pronto Socorro Regional, onde foram medicados. O condutor do veículo foi liberado logo em seguia e a passageira permaneceu no PSR por mais um tempo em observação.
A PM informou que durante consulta ao sistema informatizado foi constatado que o Fusca não tinha o licenciamento devido e o condutor não possuía a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Assim, foram lavrados os autos de infração de trânsito e o veículo foi removido para o pátio de um socorro credenciado.

 

Mulher é atropelada e tem o braço amputado

 

Ainda durante a noite de domingo (31) foi registrado um outro acidente com uma locomotiva da FCA. Por volta de 23 horas, a Polícia Militar foi acionada na rodovia MG-050, na linha férrea. O maquinista Hildeu Martins da Silva, 50 anos, contou aos militares que conduzia a locomotiva e após uma curva visualizou uma mulher deitada no trilho. Neste momento ele acionou o buzina, mas a mulher não se levantou.
A locomotiva então acabou tocando a vítima pelo “limpa trilho”. Com o impacto, a vítima, E.M.S.M, de 46 anos, foi arremessada para fora do trilho. Ela teve um braço amputado e foi socorrida por uma unidade de resgate e encaminhada para o Pronto Socorro Regional, onde ficou em observação. A perícia foi até o local, onde realizaram os trabalhos, liberando a locomotiva logo em seguida.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.