quinta-feira, 23 de Agosto de 2012 11:31h Gazeta do Oeste

Goleiro Bruno não deve comparecer ao enterro do primo, diz Seds

 A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) informou nesta quinta-feira que o goleiro Bruno Fernandes não deve comparecer ao enterro do primo Sérgio Rosa Sales, morto na quarta-feira no Bairro Minaslândia, Região Norte de Belo Horizonte. Conforme a assessoria da Secretaria, não houve pedido por parte da defesa do goleiro, que cumpre pena na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH. 

 

Segundo um dos advogados de Bruno, Rui Pimenta, Francisco Simim foi à penitenciária nesta manhã para falar com o cliente. Conforme o Artigo 120 da Lei de Execução Penal (nº 7.210), presos em regime fechado, semi-aberto ou presos provisórios só têm permissão de saída no caso de falecimento ou doença grave do cônjuge, companheira, ascendente, descendente ou irmão.

 

 

A previsão é de que o corpo de Sérgio seja sepultado às 11h. O funeral começou por volta das 20h15 no velório 2 do Cemitério da Saudade, Região Leste de Belo Horizonte. Pela manhã, a avó que criou o jovem e Bruno, Estela de Souza, chegou ao velório. Familiares e amigos evitam falar com a imprensa. Guardas municipais acompanham a movimentação no local. Durante a noite, policiais militares fizeram a segurança. 

 

 

 

 

 

 

EM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.